domingo, 15 de julho de 2012

Perolas Cançao Nova

A Santidade não é feita de um único começar, mas de contínuos , um constante cair e levantar. Enquanto estivermos aqui na terra não desistiremos de lutar, pois nisso consiste a santidade. Existem muitas almas, muitas pessoas que ainda não descobriram a alegria do Senhor. Há mais de 2000 anos que Jesus nos revelou sua alegria e existem muitas pessoas que ainda não conheceram o verdadeiro rosto de Cristo. É nesse mundo que somos enviados.
Os santos não cruzaram seus braços reclamando o que estava ruim, mas assumiram a missão, levando adiante a mensagem. Se outros não fazem, você diz: “Eis-me aqui Senhor para fazer a tua vontade. Os santos não desistiam, não reclamavam, não murmuravam.
Deus que não precisa de nada, nem de ninguém, quis a colaboração do ser humano. Ele quis precisar da tua mão, da tua voz , levando o fogo do amor de dEle nesta terra.Deus que nos criou sem a nossa cooperação, quer salvar o mundo com a nossa colaboração humana. Deus nas bodas de Caná quis que as talhas fossem cheias por mãos humanas. Ele poderia ter feito vinho do nada, mas Ele quis precisar do homem. Deus quer continuar fazendo seus milagres através da nossa pobre humanidade.
É o Espírito Santo que se serve de nós para perpetuar a ação de Deus nesta terra. É preciso deixar que Cristo ame através de nós. Não deixe que as mãos de Cristo sejam cortadas pela tua preguiça, medos e temores. Cada vez que nós não nos tornamos aquilo que deveríamos ser, cada vez que somos infiéis em nossa vocação, atamos as mãos de Deus e Ele deixa de fazer milagres por causa de nossas omissões. Toda vez que temos vergonha de falar daquilo que cremos, que amamos, desfiguramos o rosto de Cristo.

Deus quer continuar fazendo seus milagres através da nós, afirma pregador.

Foto: Natalino Ueda/Cancaonova.com

Nós hoje somos sua voz, seu rosto para o mundo. Pense nessa sua responsabilidade maravilhosa de transmitir ao mundo o rosto de Cristo. “ Anunciar o Evangelho não é glória para mim; é uma obrigação que se me impõe. Ai de mim, se eu não anunciar o Evangelho!” I Coríntios 9:16 Ai de mim se não falar do meu Senhor. Ai daquelas pessoas que estarão privadas por causa de mim. E todos sem exceção são chamados a esse anúncio. A Igreja diz a todos os fiéis, o dever de todos à missão de falar de Cristo, de levá-lo ao mundo com a nossa vida. Veja a citação do código de direito canônico:
“ Cân. 210 - Todos os fiéis, de acordo com a condição que lhes é própria, devem empenhar suas forças a fim de levar uma vida santa e de promover o crescimento da Igreja e sua contínua santificação. Cân. 211 Todos os fiéis têm o direito e o dever de trabalhar, a fim de que o anúncio divino da salvação chegue sempre mais a todos os homens de todos os tempos e de todo o mundo.”
A missa não é uma obrigação que me é imposta, mas tenho direito pelo batismo. Também a evangelização, o falar de Deus, o nosso apostolado é um direito. Nenhuma autoridade pode me impedir de falar de Cristo. A Igreja não é contra ninguém, nem contra nada. Não podemos nos calar e nem permitir que nenhum poder possa abafar voz e o anúncio. Tudo aquilo que temos de bom queremos partilhar com os outros. “O bem é difusivo.” Vejam o fenômeno das mídias sociais. Todo mundo quer compartilhar, replicar o seu motivo de alegria. O fenômeno das redes sociais, mostra a realidade do coração humano, de mostrar o bem que aconteceu consigo. A alma quer da mesma forma comunicar aos outros o amor de Deus. Quer comunicar o que viu e ouviu. Quem encontrou verdadeiramente a Jesus Cristo, não consegue deixar de falar dEle.
Por essa razão a Igreja não somente nos cobra mas assegura o direito de falar dEle. Quer saber o teu grau de santidade? Veja como está o teu desejo de falar de Deus. Você tem muita vontade de falar de Deus, então sua alma está com uma temperatura alta. Mas se você tá no seu cobertor, deitado em seu comodismo você está frio espiritualmente.
Sua alegria e tristeza estão condicionados a vitória ou derrota do seu time? Cadê tua vibração quando você fala de Deus? Será que você vibra tanto com os Santos, com o Papa ? Se nós vibramos tanto na vitória do nosso time, quão empenho devemos ter para comunicar o amor de Deus. O apóstolo não comunica uma mensagem vazia, mas comunica algo que ele viu, algo que ele experimentou. Não podemos falar de algo que aprendemos nos livros mas que experimentamos na vida. As pessoas se convencerão que o que nós falamos é autêntico e verdadeiro, se elas virem em teus olhos, o brilho de quem acredita, naquilo que vive e vive aquilo que acredita.
“Todo o nosso anúncio se deve confrontar com esta palavra de Jesus Cristo: «A minha doutrina não é minha» (Jo 7, 16). Não anunciamos teorias nem opiniões privadas, mas a fé da Igreja da qual somos servidores.” Bento XVI
Você quer saber onde Jesus mora? Venha para a Igreja e veja o que ela te diz. Quando nosso coração estiver abrasado, ardendo em fogo de amor por Jesus Cristo, assim nosso apostolado será convincente. Vejam: não são as reuniões, os planejamentos, as técnicas mas é nossa santidade. Os santos são os verdadeiros marketing de Deus.
Livro: A alma de todo apostolado é a vida interior. Clássico da vida cristã. Esse livro mostra que apóstolo que não reza não evangeliza eficazmente. Primeiro lugar oração, segundo lugar expiação e terceiro lugar a ação. Caríssimos aqueles primeiros homens, que o Senhor escolhe no evangelho, não tinham nada, não tinham internet pra evangelizar, não tinha rádio, TV , revista e conseguiram converter os romanos. Hoje temos tudo a nossa disposição e eu te pergunto o que nos falta hoje?
Vamos converter o império desde mundo. Não nos falta os meios, não desperdicemos a nossa vida na terra. Se não for santo, nada vale a pena. Quem comunga eucaristia, comunga fogo. O próprio Deus que vai incendiar nosso coração. “Fogo eu vim lançar sobre a terra, e como gostaria que já estivesse aceso!” Lucas 12, 49.
Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo.

Transcrição e Adaptação: Cristiane Viana

--------------------------------------------------------------

Padre Demétrio Gomes da Silva

Diretor espiritual do Seminário São José de Niterói (RJ), e diretor do Instituto Filosófico e Teológico do mesmo Seminário, onde leciona disciplinas

quinta-feira, 12 de julho de 2012

NECESSIDADE DE REFORMA

 

construcao-planos_~k2948073

Isaias Cap 51 – Reflexões de Padre Fábio. Com ele Deus falou comigo hoje.

Ouvi-me vós que seguis a justiça que buscais ao Senhor.

O Senhor consolará todos os seus lugares assolados, fará do seu deserto um Edem.

Atendei-me povo meu, nação minha, inclinai os ouvidos. Perto está minha justiça.

Levantai os olhos para os céus e olhai para terra de baixo.A terra se envelhecerá como uma veste

A minha justiça não será aquebrantada

Ouvi vós que conheceis a justiça

Desperta!

Veste-te de força hó braço do Senhor

Perpetua alegria haverá sobre sua cabeça

Os gemidos fugirão.

Olhe para Jesus para que seja parecida com Ele.

Olhe para o coração de Jesus para aprender a ser gente.

“Olhando para o coração de Jesus, descobrimos Nele o modelo do nosso coração. A identificação é a medida que conhecemos,mergulhamos no mistério de Deus para ser com Ele.

Olhar para o coração de Jesus para descobrirmos o nosso jeito de ser gente.

A cada encontro sacramental diminuímos a distancia do nosso coração para o coração de Jesus.

A vida cristã é o exercício diário de acolher a graça de Deus.

Presta atenção no teu mestre porque é com ele  que você precisa se parecer. Não pare nos modelos humanos. Os modelos humanos ajuda na forma de ser e de agir,mas, não pare nesse modelo.

É no Cristo que você precisa chegar, se parecer, se identificar.

A identificação com ele lhe dará o equilíbrio.

Jesus é modelo universal. Ultrapassou todos os limites da condução humana.

É no Cristo que você precisa chegar. É com Cristo que você precisa parecer. A sua identificação com Ele é que lhe dará o equilíbrio para você ser quem você é.

A Dinâmica do coração de Jesus na nossa vida é fazer o processo da restauração.

Reformar é muito mais difícil que construir. A reforma da mais trabalho que a construção. Na reforma você já tem a estrutura estabelecida. É bem mais difícil reformar. Transformar o que já está construído naquilo que precisa. Na reforma existe uma aproximação. O encontro com Jesus é assim.

Nós somos como casas de repente descobrimos a necessidade de uma reforma.

A minha construção não é favorável a habitação do Senhor. Eu quero ser casa de Deus. Quero que Deus more comigo,. Para isso preciso admitir  necessidade de reformas e de melhorias.

Olhar para o Coração de Jesus é prestar atenção no ser humano que podemos ser.

Quando faço uma experiência descubro que minha construção não é compatível para que Deus possa morar. Admito a necessidade de reformas. Admito a necessidade de melhorias.

k7315310

Testemunho Madre Jane - Instituto Hesed

Resenha do Testemunho da Madre Jane fundadora do Instituto Hesed na Canção Nova. Assisti ao vivo pela TV Canção Nova  e ouvi pela segunda v...