segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Que tenhamos a possibilidade de nos enxergar melhor

 

mASCARAS

Ha dias venho refletindo sobre esse tema- Porque as pessoas só conseguem ver Deus, as obras de Deus no extraordinário? Digo “as pessoas”porque graças a Deus e somente a Ele já não me considero inserida nesse contexto, hoje consigo enxergar Deus dentro de mim, no deserto e no ordinário da minha vida.

Quando me refiro ao extraordinário são os milagres visíveis, as curas físicas, ou o sucesso do mundo dinheiro, pompa e realeza, normalmente se você não tem dinheiro, ou está em dificuldades as pessoas não conseguem enxergar Deus em você, elas nem se dão ao trabalho de conversar com você, simplesmente ignoram ou desdenham.

Perolas Pe. Fábio de Melo

As minhas respostas sempre encontro na Palavra de Deus para mim é a casa do significado. É na palavra que o significado resolveu morar.O sentido de todas as coisas cabe nas palavras, aos olhos ou ouvidos de quem lê ou escuta talvez não diga muitas coisas, mas, para quem professa quanto significado existe.

Nos tempos de hoje está bem difícil ser cristão, ter uma postura cristã no lugar onde moramos, na família ou no local de trabalho, hoje está tudo muito maquiado, muito nebuloso, perdemos os referenciais de verdade, já não sabemos o que  o certo, o que é errado,  tudo é muito confuso.

O importante para mim é olhar para dentro de mim e ter a oportunidade de olhar para a vida vendo o que é realmente essencial.  É muito fácil nos perdermos do essencial, temos que ter cuidado para a vida não passar por nós e não percebermos o que está acontecendo, a grande ação do inimigo nos dias de hoje é cegar é colocar uma nuvem na nossa capacidade de enxergar em todos os sentidos. 

A cegueira primeira é aquela que lhe impede de reconhecermos quem somos. Uma pessoa que não se enxerga muitas vezes não avança, não cresce, fica estagnada, fica estacionada porque não tem capacidade de olhar-se,  de ver-se; quando alguém diz – “pelo amor de Deus vê se você se enxerga”- isso é uma frase de conversão,  não é para ofender, na verdade a pessoa quer dizer- “preste atenção em você, preste atenção em quem você é”.

Permita que o olhar que você tem sobre você seja de verdade, abandone as ilusões, pare de alimentar ilusões a respeito de você mesmo, pare de querer exigir aquilo que não tem para oferecer, comece a intensificar o processo de sua busca daquilo que é verdade em você.

A partir do momento que identificamos a nossa verdade, iniciamos um processo natural de crescimento.  Enxergue-se, olhe-se,  tenha a capacidade de se perceber;  quando temos dificuldade de olharmos para nós mesmos corremos o risco de viver para fora, corremos o risco de ficar representando um papel, corremos o risco de assumir um personagem.

Cuidemos da cegueira causada pelo inimigo, a especialidade do inimigo de Deus é provocar em nós uma cegueira para que não olhemos as possibilidades e não olhando para as possibilidades, para aquilo que Deus colocou em nós, corremos o risco de perder a vida, de desperdiçar os talentos.Se Deus não agir, se Deus não nos ajudar a olharmos para nós, se não tivermos a lente que Deus coloca para que tenhamos condições de olhar os nossos defeitos e nossas qualidades e termos coragem de lhe dar com isso podemos esquecer tudo, ninguém pode ser feliz distante de sua verdade.

Que em 2014 possamos ler mais a Palavra de Deus pois, Jesus não cria um contexto de mentira ao contrário ele estabelece com as pessoas, põe sobre as pessoas uma capacidade de olhar para a sua verdade.

Que em 2014 possamos nos enxergar, nos olhar, que não tenhamos medo de quem somos por pior que tenha sido a nossa experiência até o dia de hoje.

O primeiro passo para a conversão, para quebrar o poder do diabólico em nós é a capacidade de  admitirmos os nossos defeitos e nossas qualidades,  abandonemos as ilusões, principalmente aquelas ilusões que alimentamos sobre nós mesmos e que possamos substituir essas ilusões  por esperanças, o diabo sempre dá uma ilusão , Deus sempre dá uma esperança pensemos nisso.

Feliz 2014!

 

O teu amor é o que me conduz

domingo, 15 de dezembro de 2013

Primeiras Palavras de Deus para mim hoje!

 

Adoração

 

Pérolas 1º Pregação Kairós Salvifico – Canção Nova

Êxodo 17

Vs 01 – Partir por etapas – Em tudo o que fizeres tenha calma, faça tudo etapa por etapa. Sairá desse deserto não tenha dúvidas disso. Durante esse deserto eu o Senhor teu Deus estive contigo sempre a frente de Ti.

Vs 02 – Não murmure, na pior sede não murmure, lembre-se a murmuração é a oração do inimigo, olhe para o céu e eu te ajudarei a sair de qualquer situação de aflição.

Vs 04 – Nos momento difíceis, na dúvida de como se posicionar, pergunte a mim o teu proceder, eu te instruirei.Sempre estarei diante de Ti se andares na retidão.

Vs10 – Sempre que for orar suba a montanha e se for orar por outros sempre esteja acompanhado de alguém de Deus.

Vs 11- Todas as vezes que tiveres com as mãos levantadas o inimigo perderá a batalha. A tua casa se salva pela quantidade de vezes que levantas as mãos em Louvor a mim.

Vs 12 – Não é bom que estejas só em momentos de batalha, as tuas mãos podem se fatigar ao ficar horas levantada é bom que tenhas alguém que te ajude a permanecer com elas levantada. Lembre-se o Louvor a Deus afasta o inimigo por isso, nunca se canse de louvar, não importa as criticas que receba eu o Senhor teu Deus é que te dou essa instrução sempre fiques em Louvor e Adoração.

Na guerra de Josué contra Amalec Moisés teve Aarão e Hur para ajudar-lhe a permanecer com os braços levantados e por isso Josué ganhou a guerra contra Amalec. Enquanto Moisés erguia os braços para o Senhor Josué derrotava Amalec. Eis a importância do Louvor.

Olhe sempre para cruz de Jesus pois, Jesus no momento de sua mais dura dor teve os braços levantados para Deus segurado por dois pregos, esses braços estão levantados até hoje por esse motivo o inimigo nunca triunfa.

mm4_jesus_crucificado02[1]

Louvor e Adoração ao Senhor por toda a tua vida.

Amém!

Para te Adorar foi que eu nasci.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

LIBERTA

 

A alegria do Senhor

 

Deus é muito delicado comigo, ontem na Adoração ao Santíssimo Sacramento na Quarta de Adoração da Canção Nova rezando baixinho pedi muito que fosse proclamado através do Pe. Edmilson a cura da minha perna, é carência que sinto de ouvir várias vezes a confirmação de uma cura, alguns podem achar falta de Fé, não é isso, é vontade de ouvir a voz de Deus; desde a semana passada estou convicta do processo de cura Deus já tinha dito que eu mesma através do perdão iria fechar a ferida e isso aconteceu, só quem passa por momentos de cura em Deus pode entender o que aqui relato, de fato a ferida começou a fechar, está sendo gratificante e ouvir Pe. Edmilson proclamar que tinha uma pessoa com uma ferida na perna que começou como uma mancha vermelha e que foi crescendo está curada me identifiquei e tomei posse, são detalhes de vitória declarada.

A força de um testemunho recrutei toda a minha fé por isso proclamo a minha vitória, estou fechando o ciclo de 2013  meu agradecimento e amor por Deus, por Jesus, pelo Espírito Santo, por Nossa Senhora, por São Miguel, São Gabriel, São Rafael, Santa Terezinha, adoração ao Santíssimo Sacramento, a Canção Nova meus companheiros de 2013.

Estou ainda desempregada e rogo a Deus que em 2014 por nada eu me afaste um só segundo da Graça, da presença constante de Deus, que eu veja Deus no meu trabalho e nas pessoas que conviverei e que elas também vejam Deus em mim, que possa dizer sou amiga e tenho amigos.

Cada dia Deus me ensina a valorizar os detalhes, as ausências, as presenças, o deserto, o silêncio, , a paz, a tribulação, o sofrimento, tudo o que foi penoso, tudo o que foi e está sendo glória, as pessoas do jeito que elas são com suas qualidades e seus defeitos, com suas fraquezas e com suas fortalezas.

Hoje cada dia livre sou.

Tua mão poderosa me levantou

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Criar espaços para a verdade

 

Coração tranquilo

Pérolas Pe. Fábio de Melo

Escolhas que não trazem sabor para nossa vida é igual a feijão sem sabor.

Quando eu não soube compreender a vida Tu vieste compreender por mim.

Quando os meus sonhos vi desmoronar tu trouxeste outros para começar.

Deus me ama, não estou só – É ele que hoje me diz – CORAGEM. Deus diz, estou aqui contigo como te prometi lembra?

Nós estabelecemos distâncias o tempo todo. Você pouco escuta “eu estou aqui se precisar de mim”. Pouco escutamos isso.

Um pouco de verdade, autenticidade é disso que sinto falta.

Efésios, 4

1. Exorto-vos, pois, - prisioneiro que sou pela causa do Senhor -, que leveis uma vida digna da vocação à qual fostes chamados,

2. com toda a humildade e amabilidade, com grandeza de alma, suportando-vos mutuamente com caridade.

3. Sede solícitos em conservar a unidade do Espírito no vínculo da paz.

4. Sede um só corpo e um só espírito, assim como fostes chamados pela vossa vocação a uma só esperança.

11. A uns ele constituiu apóstolos; a outros, profetas; a outros, evangelistas, pastores, doutores,

12. para o aperfeiçoamento dos cristãos, para o desempenho da tarefa que visa à construção do corpo de Cristo,

13. até que todos tenhamos chegado à unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, até atingirmos o estado de homem feito, a estatura da maturidade de Cristo.

14. Para que não continuemos crianças ao sabor das ondas, agitados por qualquer sopro de doutrina, ao capricho da malignidade dos homens e de seus artifícios enganadores.

15. Mas, pela prática sincera da caridade, cresçamos em todos os sentidos, naquele que é a cabeça, Cristo.

16. É por ele que todo o corpo - coordenado e unido por conexões que estão ao seu dispor, trabalhando cada um conforme a atividade que lhe é própria - efetua esse crescimento, visando a sua plena edificação na caridade.

17. Portanto, eis o que digo e conjuro no Senhor: não persistais em viver como os pagãos, que andam à mercê de suas idéias frívolas.

18. Têm o entendimento obscurecido. Sua ignorância e o endurecimento de seu coração mantêm-nos afastados da vida de Deus.

22. Renunciai à vida passada, despojai-vos do homem velho, corrompido pelas concupiscências enganadoras.

23. Renovai sem cessar o sentimento da vossa alma,

24. e revesti-vos do homem novo, criado à imagem de Deus, em verdadeira justiça e santidade.

25. Por isso, renunciai à mentira. Fale cada um a seu próximo a verdade, pois somos membros uns dos outros.

26. Mesmo em cólera, não pequeis. Não se ponha o sol sobre o vosso ressentimento.

27. Não deis lugar ao demônio.

29. Nenhuma palavra má saia da vossa boca, mas só a que for útil para a edificação, sempre que for possível, e benfazeja aos que ouvem.

30. Não contristeis o Espírito Santo de Deus, com o qual estais selados para o dia da Redenção.

31. Toda amargura, ira, indignação, gritaria e calúnia sejam desterradas do meio de vós, bem como toda malícia.

32. Antes, sede uns com os outros bondosos e compassivos. Perdoai-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou, em Cristo.

As pessoas são assim tem dificuldades de falar a verdade. Digo as pessoas porque não me incluo nisso. Gosto da verdade. Me sinto livre porque falo a verdade.

Hoje ouvi alguém muito próximo dizer, “ é preciso fingir” não gosto de fingir, não quero fingir, o que peço a Deus é que eu não mais me aborreça com pequenas mentiras, pouca lealdade, falta de fidelidade.

Mentiras que anestesiam.

A nossa verdade choca as pessoas.

O objetivo é não mais chocar, porém, não fingir, não mentir, não ser infiel, a meta é não ser atingida pelas atitudes do outro, a meta é transcender, a meta é AMAR.

AMAR o outro, se colocar no lugar do outro, entender o outro, não magoar o outro, é ser mais leve, menos atingida porque o outro fez algo que eu não gostei.

Se a opção é pela verdade, no mesmo saco não cabe a mentira.

A pior coisa é a mentira, usam a desculpa de mentir para não magoar o outro, ou para não se comprometer com o outro, tenho dificuldades com isso, tenho raiva(meu pecado) e aí pago preço alto, porque o Espírito Santo nessa hora vai embora, ele não fica comigo na hora da minha raiva, encurralada agrido, agressão com gestos e palavras reação natural que eu preciso tomar conta.Colocar essa raiva numa coleira essa é a meta. Na minha raiva paro de ouvir a Deus e aí o inimigo entra.

As vezes estamos inteiro em Deus mas, em algum momento sentimos como se uma flecha nos atingisse. Desafio: desviar-se dessas setas. Preciso cuidar dos pequenos detalhes um deles é a raiva na falta de lealdade do outro esse é um exemplo de flecha no meu peito. Esse pecado é necessário ser extirpado na minha vida.

O desafio é ser Cristão 24 horas por dia. O meu conforto é que dessas 24 horas a maior parte das horas eu me sinto cumprindo o que desejo para minha vida de santidade, mas, em uma hora posso deixar o pecado entrar, e aí sim, pode estragar as horas de Santidade.A minha Glória é que todos os dias tenho um encontro  com Deus. 

PHN:

Não me deixar atingir pela falta de lealdade do outro

Não criticar nada nem ninguém

Silenciar naquilo que eu não gosto, mas, o meu silêncio não pode ser confundido com “lundu”, com beicinho, essa é a arte da leveza que eu busco.

Não posso dar espaço para que o inimigo entre na minha vida, por isso a vigilância total.

Ser livre é a meta – A minha liberdade será um testemunho que arrastará isso eu tenho certeza.

Uma palavra dita sem discernimento é a a vigilância – preciso conviver com o que eu digo, mastigar, antes de dizer o contrário é vomitar, a palavra tem que demorar mais na minha boca. O que eu digo é correto, mas, muitas vezes é dito na hora errada, da forma errada, não crio o espaço para dizer. É preciso treinar, preparar o espaço, estrago o que quero dizer na minha imprudência.

O sinal de que Deus chegou para resolver o problema não é na hora da tempestade mas, na hora da calma. Refletir é a meta. A calma é o momento que sabemos que Deus está agindo dentro de nós.

Anunciar o Cristo é amar o outro. Viver no Espirito Santo me permite tocar nas coisas que eu considero lixo em mim. É duro mas, é perfeito, Deus ilumina o meu lixo e aí eu estou conseguindo dia a dia tirar esse lixo, ainda tem muito lixo e as vezes eu mesmo sem querer jogo o meu lixo no outro. Na tentativa de acertar eu acabo errando.

O desafio é saber conviver com as coisas que retiram sabor.

Não quero morrer sem mudar o meu jeito de ser. Quero sim tirar todo o lixo da minha história.

A verdade será sempre a minha característica, a abominação a mentira sempre terei, porém, não tirarei o sabor de ninguém, nem o meu porque tenho que conviver com a mentira e falta de lealdade do outro.

Quero fazer a diferença pelo amor ao outro, pela palavra e gesto que faço.

Hoje faço a diferença do contrário que quero, porém, eu luto com muita força para fazer a diferença pelo amor e eu vou conseguir não tenho duvida disso.

Sou território Santo, não sou terreno baldio para ficar cheia de lixo.

Sou território Santo.

 

NÃO ESTOU SÓ.

Obrigada por tanto amor meu Deus

 

Meu louvor a Deus

 

E assim Deus fala para mim hoje.

É preciso testemunhar o que Deus fala Pra mim.

Isaías, 45

1. Eis o que diz o Senhor a Ciro, seu ungido, que ele levou pela mão para derrubar as nações diante dele, para desatar o cinto dos reis, para abrir-lhe as portas, a fim de que nenhuma lhe fique fechada:

2. Irei eu mesmo diante de ti, aplainando as montanhas, arrebentando os batentes de bronze, arrancando os ferrolhos de ferro.

3. Dar-te-ei os tesouros enterrados e as riquezas escondidas, para mostrar-te que sou eu o Senhor, aquele que te chama pelo teu nome, o Deus de Israel.

4. É por amor de meu servo, Jacó, e de Israel que escolhi, que te chamei pelo teu nome, com títulos de honra, se bem que não me conhecesses.

5. Eu sou o Senhor, sem rival, não existe outro Deus além de mim. Eu te cingi, quando ainda não me conhecias,

6. a fim de que se saiba, do levante ao poente, que nada há fora de mim. Eu sou o Senhor, sem rival;

7. formei a luz e criei as trevas, busco a felicidade e suscito a infelicidade. Sou eu o Senhor, que faço todas essas coisas.

8. Que os céus, das alturas, derramem o seu orvalho, que as nuvens façam chover a vitória; abra-se a terra e brote a felicidade e ao mesmo tempo faça germinar a justiça! Sou eu, o Senhor, a causa de tudo isso.

9. Ai daquele que discute com quem o formou, vaso entre os vasilhames de terra! Acaso diz a argila ao oleiro: Que fazes? Acaso diz a obra ao operário: És incompetente?

10. Ai daquele que ousa dizer a seu pai: Por que me geraste? E à sua mãe: Por que me concebeste?

11. Eis o que diz o Senhor, o Santo de Israel e seu criador: Pretendeis pedir-me conta do futuro, ditar-me um modo de agir?

12. Fui eu quem fez a terra, e a povoou de homens; foram minhas mãos que estenderam os céus, e eu comando todo o seu exército.

13. Fui eu quem, na minha justiça, suscitou Ciro, e quem por toda parte lhe aplaina o caminho; e é ele quem fará reedificar minha cidade e libertar meus deportados, sem recompensa nem dádivas, diz o Senhor dos exércitos.

14. Eis o que diz o Senhor: os pobres do Egito, os traficantes da Etiópia, os de elevada estatura de Sabaim, passarão para a tua terra e serão teus, servir-te-ão e desfilarão acorrentados, prostrar-se-ão diante de ti e te implorarão: Deus só se encontra em tua morada, não tem rival algum, os outros deuses não existem.

15. Verdadeiramente um Deus se esconde em tua casa, o Deus de Israel, um Deus que salva!

16. Ficarão envergonhados e confusos todos aqueles que se lhe opuseram; ignominiosamente retirar-se-ão os fabricantes de ídolos.

17. Israel obterá do Senhor uma salvação eterna, sem confusão nem vergonha, até o fim dos tempos.

18. Eis o que diz o Senhor que criou os céus, ele, o único Deus que formou a terra e a estabilizou, que não a criou para que seja um caos, mas a organizou para que nela se viva: eu sou o Senhor, e não tenho rival.

19. Não tenho falado às escondidas, nem numa terra tenebrosa. Não disse à raça de Jacó: Procurai-me no caos, eu, o Senhor, digo, a verdade, e me manifesto com toda a franqueza.

20. Vinde, reuni-vos todos, aproximai-vos, vós que fostes salvos dentre as nações! Nada disso compreendem aqueles que trazem seu ídolo de madeira, aqueles que oram a um deus impotente para salvar.

21. Fazei valer vossos argumentos, consultai-vos uns aos outros: quem havia predito o que se passa, quem o tinha anunciado desde longa data? Não fui eu, o Senhor, e nenhum outro? Não há Deus fora de mim.

22. Volvei-vos para mim, e sereis salvos, todos os confins da terra, porque eu sou Deus e sou o único,

23. juro-o por mim mesmo! A verdade sai de minha boca, minha palavra jamais será revogada: todo joelho deve dobrar-se diante de mim, toda língua deve jurar por mim,

24. dizendo: É só no Senhor que se encontra a vitória e a força. A ele virão envergonhados todos aqueles que se tinham levantado contra ele;

25. mas toda a raça de Israel achará no Senhor o triunfo e a glória.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Marca da Vitória

 

 

017

2013 ano de Vitórias em Cristo. Ano da FÉ.

Janeiro:

Iniciou como 2012 terminou, me sentia mal, problemas no trabalho, cansada, sensação de um campo minado, por mais que quisesse e orasse para sair desse campo minado as coisas só pioravam, chegou a um ponto que comecei a entrar em pânico, a ter crises de pânico, falta de memória, um Stress estúpido, tomava remédios para relaxar, me sentia triste. Mesmo em oração, com Jesus 24 horas comigo.

Fevereiro:

Não lembro se foi nesse mês estava em uma pregação e o pregador disse claramente “no meu lado esquerdo(eu estava desse lado) tem uma pessoa que esse ano terá muitas tribulações, mas, Deus afirma mesmo nas tribulações você sentira a constante presença de Deus”, na mesma hora senti que era comigo, a minha irmã estava junto e eu disse a ela, isso foi para mim eu senti, ela no mesmo instante quis repreender e até me criticou dizendo que eu pegava essas coisas como se fosse tudo para mim. Mas, você sente quando Deus fala com você. Lembro que eu não me apeguei a questão da tribulação, mas, sentia forte no meu coração, “ Deus estará com você o tempo inteiro e você sentira a presença”. Isso calou meu coração. Era como se alguém dissesse o navio vai entrar em ondas gigantes, mas, não se preocupe Jesus estará dentro do barco com você. Eu não tinha medo das ondas que viria, Deus colocava uma certeza forte no meu coração “as ondas serão gigantes, mas, o barco não afundará porque eu estarei junto com você no leme, no timão”, isso para mim era por demais reconfortante.

Abril:

Percebi na minha perna direita três carocinhos, pareciam três cabelos encravados, aquilo me chamou a atenção, tentei espremer só que não formava olho, era como se fosse uma mancha vermelha. Dois carocinhos ficaram curados, ficou apenas a mancha na pele, porém, a terceira mancha cada dia crescia, era muito vermelha, tinha um aspecto estranho. Fui ao dermatologista ele olhou, não achou nada importante, passou um antibiótico e pediu que eu retornasse depois, como a mancha tinha pus, decidi ir a emergência do Hospital e solicitei que um cirurgião verificasse a possibilidade de drenar, fui vista por dois cirurgiões e os dois disseram que não iriam mexer, pois, não havia nada para drenar. Minha cunhada estava indo a uma dermatologista e certo dia fui com ela para a consulta queria saber a opinião de outro dermatologista, quando mostrei a ferida a médica não achou nada importante, me tranquilizou, passou antibiótico, tomei dois meses de antibiótico e nada de solução.

Maio:

Fui demitida, considerei a decisão acertada na época, emocionalmente não me sentia nada bem, estava preocupada com minha saúde, poderia perder tudo menos a minha saúde. Uma semana após sair do trabalho já não sentia nenhum sintoma emocional, não me sentia mais cansada, a minha memória tinha voltado ao normal, já não tinha pânico, deixei de tomar os remédios para relaxar. Passei a ter foco maior na minha perna.

Junho – Descanso no Senhor – Tratamento da Perna no Hospital São José – Ainda sem diagnóstico definido.

Julho – Agosto – Setembro – Outubro – Novembro – Iniciou comigo e minha irmã uma batalha espiritual impossível descrever, mas, tudo para libertação e cura da família. Não tinha foco para outra coisa a não ser orar, orar, clamar, clamar.

Dezembro – Emocionalmente bem, minha fé em Deus cada dia mais fortalecida. Passei por muitos tratamentos na ferida, fiz algumas Biopsias não tem diagnostico definido. Estou ainda desempregada e em tratamento, a ferida foi retirada,  a perna ponteada, os pontos se abriram, ferida que sempre foi fechada agora está aberta. Cometi um erro permitindo o debridamento, tinha sido curada pela FÉ, estava sequinha antes da cirurgia, não sentia mais dor, só que a falta de se apoderar da cura acabei permitindo que a equipe fizesse a limpeza cirúrgica, infeccionou, Deus me tranquiliza e diz que quem fechará a ferida serei eu mesma.

Por diversas vezes em momentos profundos de oração foi proclamado que esse problema na minha perna é espiritual e que a solução virá por mim, e Deus sempre confirma: será curada pela mudança na forma de relacionamento interpessoal, pelo perdão, pela santificação, pelo amor incondicional ao próximo, pela forma de falar mais branda, intima capacidade de se colocar no lugar do outro, sentindo o outro, vendo Jesus no outro, amando Jesus através do outro, não criticar nada nem ninguém, aprender a falar de uma forma tão doce, da mesma forma que Deus fala comigo.

Hoje em oração na  Quinta de Adoração Canção Nova, Jesus falou em meu coração, vez ou outra ele me faz essa pergunta – “ Clívia Tu me amas?” Assim como Pedro eu respondo em lágrimas, SIM! SENHOR, TU SABES QUE EU TE AMO MAIS QUE TUDO NA MINHA VIDA. E Ele responde – “ Apascenta as minhas ovelhas”

Essa Palavra apascenta cala fundo no meu coração. Eu respondi sim Senhor, quero apascentar, é o que mais desejo na vida, apascentar as tuas ovelhas, porém Senhor por mais que eu tente ainda não consigo apascentar, por mais que tente percebo as ovelhas chateadas, irritadas, distantes, não sei apascentar, não consigo.

Preciso que me ensines, te prometo vou apascentar, quero ser Pastor da tuas ovelhas, mas, não sei ser Pastor, não sei como me comportar no aprisco, não sei como falar para que elas escutem a minha voz e te percebam em mim, sinceramente não sei. Como queres essa prova de mim? Eu te amo e tu me diz se me amas de verdade apascenta as minhas ovelhas. E eu digo Senhor te amo de verdade e quero apascentar as tuas ovelhas porque amo as tuas ovelhas, elas são tuas e eu te amo mais que tudo, quero cuidar de tudo o que é teu e tuas ovelhas são por demais preciosas para Ti. Tuas ovelhas são como as pupilas dos teus olhos. Senhor me ensina, estou agora dentro do aprisco, seja nesse momento o meu Mestre me ensina a ser Pastor como Tu és.

Na perna creio que ficará apenas a marca da Vitória. Se depende de mim fechar essa ferida aberta, estou na luta de reconciliação comigo e com todos, orando incessantemente vivendo um PHN.

Que em 2014 eu já colha os frutos de semente lançadas.

Que em 2014 eu seja uma pastora de ovelhas, das ovelhas da minha casa, da minha família e todas que o Senhor colocar na minha frente.

Que em 2014 pela minha voz, pelos meus gestos as ovelhas receonheçam Cristo

Que venha 2014 o ano da Esperança ano de muitas vitórias em Cristo.

Amém?

Amém!

Não temo mais o mar

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

SER BONZINHO

 

banho-mulher-chuveiro

Perolas Pe. Rodrigo – III Consagra-te.

Ninguém vai para o céu por merecimento puro e simplesmente.Na caminhada vamos adquirindo esse merecimento.

Não querer fazer o que desagrada a Deus é temor = respeito.

O grande problema de se achar bom , é que nesse estágio de ser bom, de ser digno você estaciona na sua bondade.

Quando você acha que está limpo, você não quer tomar banho. Você achando-se-se sujo quer a água que refresca e purifica.Não estacione na condição de ser bom e não se martirize achando-se indigno ou sujo. Para isso existe solução que é a oportunidade do processo de limpeza.

O processo de limpeza é diário e constante porque no mundo nos sujamos, isso é natural é um processo limpa, suja, limpa, suja…

Muitos se perdem por se considerar bom demais.

Deus dá a graça e é preciso a vigilância, o cuidado para não perder a graça.

Quando perdemos a Graça?

Na insistente desobediência a Deus. O problema de Eva foi dialogar com o mal, você não pode dialogar com o inimigo.

Quem desobedece a Lei de Deus desobedece a Deus.

O que é a Graça de Deus?

É a presença de Deus em nós. Se você expulsa Deus pelo seu pecado deixa a sua alma morta, por isso o nome Pecado mortal. Você mata a sua alma ao optar pelo pecado.

Não há acordo entre a luz e as trevas, quem não está com Deus é contra Deus. Ou você está em vias de santificação, ou você está em vias de perdição, não existe meio termo.

Todo aquele que peca não está em comunhão com Deus, está com o demônio.

Solução? Rompa com o pecado.

No seu coração ou está Deus ou está o inimigo.

Como romper com o pecado?

1º- Conscientizar-se do pecado.

2º – Arrepender-se

3º Confessar-se

A paz de Cristo existe a partir da comunhão com Cristo. Para manter a comunhão com Deus você precisa amar.

Amar a Deus é obedecer os seus mandamentos para manter a amizade/comunhão/graça é preciso obedecer a Deus.

 

Ou Santos ou Nada

 

934129_552553178121654_429800345_n

Pérolas de Pe. Paulo Ricardo.

Salvo é uma coisa – Santo é outra coisa.

O Céu também compreende o purgatório. Portanto, as almas do purgatório já estão no céu. Quem está no purgatório está salvo, porém, não foi Santo. Quem está no céu é porque foi Santo.

Se eu morrer hoje creio que estou salva, mas, não vou hoje para o céu porque não sou Santa.

Para ser Santo é necessário amar a Deus sobre todas as cosas. SOBRE TODAS AS COISAS. E como diz Pe. Jonas Abib TODAS são TODAS.

O que é meu tudo hoje?

O que são todas as coisas para mim?

O que são todas as coisas para Deus?

Como acontece o processo de santificação?

1º você recebe a graça da conversão. Depois começa a subida para abastecer-se de mais graças

Você ora = Graça

Faz penitência = Graça

Faz caridade = Graça

Depois de muitas graças recebidas(buscadas e recebidas) Deus te dá outras graças – Graças de Santidade.

O Santo é uma pessoa que Deus tomou a frente – Deus diz “agora não é você que vive, sou EU que vivo em você” ENTREGUE-ME TUDO!

O Santo se purifica até um certo ponto, a partir de um ponto é Deus que age. A pessoa é passiva, Deus age, você aceita.

Lugar de Católico bonzinho é no purgatório, somos chamados a ser Santos.

Senhor seja feita a tuas vontade.Eis-me aqui!

Me dê preparo  para entender a tua vontade.

Toda a caminhada de minha busca a Santidade será feita com a ajuda incessante, permanente, carinhosa da minha mãe e intercessora Maria Santíssima. O Sol é Deus, Nossa Senhora é a Lua. A luz dela vem dele.

Amém!

Ou santos ou nada Queremos ser Ou santos ou nada Ou santos ou nada mais Em meu pensar Em meu sentir Quando eu falar na hora de decidir Em todo o meu proceder Acima de tudo Vivendo a dor e o sofrer Ou santos ou nada Ou santos ou nada mais... Quando eu amar Quando me vestir Na hora de trabalhar Se Deus contas me pedir Na tribulação Quando me desprezarem E mentido Disseram o mal contra mim Ou santos ou nada mais...

domingo, 17 de novembro de 2013

A ação do demônio

 

 

Não tem graça maior do que esta: receber Jesus na Eucaristia! Que graça é poder participar da Santa Missa todos os dias! Outra graça é poder buscar o sacramento da reconciliação. Precisamos, com frequência, confessar os nossos pecados. É uma necessidade para nossa alma, da mesma forma que é uma necessidade para o nosso corpo um banho regenerador e purificador. Nossa Senhora pede que nos confessemos, ao menos, uma vez a cada mês! Não deixe de buscar este sacramento de cura e libertação que a Igreja nos oferece.


Na Primeira Carta de São João está escrito que Jesus veio "para destruir as obras do diabo" (I João 3,8b).

Vejo dois erros graves dentro desta dimensão do combate espiritual que enfrentamos todos os dias. O primeiro erro é o daqueles que dizem: “Padre, eu acredito em Deus, mas não acredito na existência do demônio”. Ora, meus irmãos, quantas vezes a Palavra de Deus nos testemunha a respeito da ação dos anjos e dos demônios! São muitos os que acreditam mais na ciência do que na Palavra de Deus. E aquilo que a ciência não consegue explicar, ela simplesmente nega.
Muitos, até mesmo dentro da Igreja, não acreditam na existência dos anjos. Veja o que nos ensina o Catecismo da Igreja Católica no número 328: “A existência dos seres espirituais, não corporais, a que a Sagrada Escritura habitualmente chama anjos, é uma verdade de fé. O testemunho da Escritura é tão claro como a unanimidade da Tradição”.


Se a ciência diz que algo é verde, mas Deus afirma que é azul, quem está certo? Deus, meus irmãos! Ele não erra jamais. É verdade que, hoje, conhecemos tantas coisas a respeito daquilo que outrora não conhecíamos. Mas também é verdade que existe o mundo dos espíritos. Vivemos num constante combate espiritual.


O segundo erro grave que vejo é o de se supervalorizar a ação do demônio. São aqueles que veem o diabo em tudo. Não, meu irmão, ele não é deus; é uma criatura. Jamais será maior do que o Senhor nosso Deus.

"Estando na graça de Deus é que prevalecemos sobre as insídias do demônio", ensina padre Duarte Lara

Portanto, existem dois erros bem sérios: o de negar a existência do demônio e o de dar-lhe um poder que ele não possui.


Temos que combater nossas más inclinações. Precisamos buscar constantemente nossa conversão interior. Mas afirmar que tudo o que nos acontece é por causa do demônio torna-se um erro. Outra coisa importante: não podemos ter medo do inimigo de Deus. Ele age em nossa vida por meio das tentações que enfrentamos. Até mesmo Jesus teve de combatê-las no deserto. Se nesta vida não tivéssemos de enfrentar as tentações, viveríamos deitados numa espécie de “sofá espiritual”. Mas não é isso! Cada tentação que superamos nos leva ao crescimento da fé. Jesus não deixou de se deparar com as tentações. Mas o que fez Nosso Senhor? Ele pediu ao Pai: “Não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do Mal”.
A ação do demônio pode acontecer sobre pessoas, coisas e lugares. A Palavra de Deus nos dá muitos exemplos disso. O beato João Paulo II nos alertou que quem não acredita na existência do demônio, também não acredita na existência de Deus.


Uma pessoa atacada pelo inimigo de Deus sofre distúrbios físicos e psicológicos. Sente como que “agulhadas” no seu corpo, dores inexplicáveis, dentre tantos outros sintomas. Mas o mais importante, meus irmãos, é termos a consciência de que diante do combate espiritual que vivemos, o melhor remédio é estarmos sempre na graça de Deus.

Precisamos viver na presença de Deus! Conheço o caso de um jovem que ingressou numa seita satânica e começou a fazer sacrifícios para conquistar as coisas que queria. Pois bem, este rapaz se apaixonou por uma jovem que ele havia conhecido. Começou, então, a fazer vários sacrifícios satânicos para possui-la, mas nada dava certo! Ele não conseguia nada com essa jovem. Sabe por quê? Porque aquela moça rezava o santo terço todas as manhãs e participava da Santa Missa todos os dias. Eis as nossas armas, meus irmãos! Estando na graça de Deus é que prevalecemos sobre as insídias do demônio.
Essa moça acabou levando o rapaz para a Igreja. E ali o demônio foi perdendo sua força e sua influência sobre aquele jovem e a conversão aconteceu. Glória a Deus!


Padre Pio gostava de chamar o santo terço de “a arma”. Certa vez, uma mulher disse ao santo a respeito de como estava surpresa ao vê-lo rezar tantos terços diariamente. Ao que o santo italiano respondeu: “O que me surpreende é como a senhora reza tão poucos terços!”.

Acima do santo rosário, está a Eucaristia. 90% das pessoas que procuram a ajuda de um exorcista não estão vivendo na graça de Deus. São pessoas que se afastaram da Eucaristia, não participam da Celebração Eucarística, não se confessam há anos, não rezam o santo terço com frequência. Se você tirar o pecado da sua vida, o inimigo de Deus não encontrará espaço para agir. Dou a vocês esses preciosos conselhos: uma boa confissão ao menos uma vez por mês, Santa Missa e comunhão diárias. A Santa Missa é um “energético espiritual”. Precisamos nos encher de Deus todos os dias. Afastemo-nos do pecado! E nos esforcemos em caminhar diariamente na graça do Pai.

Transcrição e adaptação: Alexandre Oliveira (@alexandrecn)

--------------------------------------------------------------

Padre Duarte Lara

Sacerdote português ministeriado em cura e libertação

Exorcismo e Oração de Libertação

 

Vou contar a vocês uma coisa que meus pais fizeram e que mudou toda a minha vida. E aproveito também para deixar isso como um conselho aos pais. Sou o primeiro de cinco filhos que meus pais tiveram. Quando tinha um mês de vida, meus pais me entregaram como um presente a Nossa Senhora, diante de sua imagem. Você viu no que deu: hoje sou sacerdote. Glória a Deus por isso! Meus irmãos, o céu nos leva muito a sério!


O tema desta pregação é: “Exorcismo e Oração de Libertação”. Meus irmãos, o demônio treme diante da Palavra de Deus! O padre exorcista Gabriele Amorth, durante seu ministério, sempre rezava com este trecho do Evangelho de São Marcos 16,15-20 em latim. Acompanhe comigo:

“Então Jesus disse-lhes: 'Vão pelo mundo inteiro e anunciem a Boa Notícia para toda a humanidade. Quem acreditar e for batizado, será salvo. Quem não acreditar, será condenado. Os sinais que acompanharão aqueles que acreditarem são estes: expulsarão demônios em meu nome, falarão novas línguas; se pegarem cobras ou beberem algum veneno, não sofrerão nenhum mal; quando colocarem as mãos sobre os doentes, estes ficarão curados.' Depois de falar com os discípulos, o Senhor Jesus foi levado ao céu, e sentou-se à direita de Deus. Os discípulos então saíram e pregaram por toda parte. O Senhor os ajudava e, por meio dos sinais que os acompanhavam, provava que o ensinamento deles era verdadeiro”.

Estes sinais, meus irmãos, não acompanham apenas os padres. Eles são para todos nós. Estes sinais acompanham todos aqueles que creem. É tão bonito ver que a Palavra de Deus não é apenas anunciada com belas palavras, mas também por meio de sinais, milagres e prodígios. Estes sinais são necessários. Todos nós ansiamos por ver o poder de Deus. Jesus é o “Deus salva”. Queremos experimentar em nossas vidas o poder salvífico do Senhor.


Jesus chamou doze apóstolos para estarem com Ele. Nossa vida de fé está fundamentada nisso, ou seja, na relação com Deus. Somos todos chamados ao discipulado. Depois, Jesus deu autoridade aos Seus discípulos. E eles puderam realizar estes sinais no nome do Senhor.


Quando o Senhor Jesus manifesta Seus sinais no meio do povo, os corações se abrem para a escuta da Palavra. Eu mesmo, que lhes falo nesta manhã, sou testemunha disso. Lembro-me de, quando ainda era um jovem sacerdote, Deus me usou para que aquelas pessoas fossem tocadas por Sua graça. Depois da bênção que dei em nome de Jesus, ao final daquela novena, sete pessoas foram curadas. No dia seguinte, quanta gente apareceu naquela novena! Pessoas vindas de tantos lugares distantes para serem curadas. E o que eu fazia? Anunciava a Palavra de Deus a elas, pois os corações se encontravam abertos e sedentos para acolher a Boa Nova.


Gente curada de câncer, casais que não conseguiam ter filhos... Quanta gente agraciada após receber a bênção de Jesus! Deus só precisa de instrumentos que estejam disponíveis para que Ele possa usar como um eficaz veículo da Sua graça.


Mas, diante disso, surge o seguinte questionamento: “Por que nem todos são imediatamente curados?” Nossa Senhora, em Fátima, deu um importante ensinamento aos Três Pastorinhos, que traziam os pedidos do povo até a Virgem Santíssima. Ela dizia: “Alguns serão curados ainda neste ano, mas nem todos, pois alguns precisam primeiro se arrepender dos seus pecados”.

"Se você estiver na graça de Deus, estará mais do que protegido contra o mal", afirma o padre Duarte Lara

 O que a Mãe do Céu está nos ensinando com isso? Que é preciso cuidar primeiro da saúde da alma! Muitos buscam a cura do corpo, mas não cuidam do próprio interior. Ainda não se arrependeram, não procuraram o sacramento da reconciliação e penitência e não deram passos concretos de conversão.


Muitos são aqueles que se revoltam contra Deus porque ainda não tiveram suas súplicas ouvidas. Não, meus irmãos! Deus é Pai e sabe o que é melhor para nós. Existem graças que não receberemos se não as pedirmos ao Senhor. Mas também existem situações nas quais podemos oferecer nossos sofrimentos suportados pela conversão dos pecadores. Esta é, sem dúvida alguma, uma das formas mais poderosas de intercessão: oferecer o próprio sofrimento, a tribulação vivida, pela conversão das almas.
Portanto, não se revolte! Não deixe de louvar a Deus. Louve mesmo em meio às chamas e à provação que você hoje enfrenta.


O que é o exorcismo? Ele vem dos tempos antigos. Vemos nas Sagradas Escrituras que todos os batizados, nos primeiros tempos, eram exorcistas. Com o passar do tempo, a Igreja foi controlando esse ministério de exorcismo. E por quê? Porque o demônio é muito inteligente e esperto! Então, é preciso muita atenção e cuidado na realização desse ministério, para que se evitem abusos e exposições desnecessárias.
A Igreja nos ensina que o exorcismo é uma celebração litúrgica, na qual pedimos a libertação de alguém da ação do demônio. Existe também o chamado “grande exorcismo”, que só pode ser realizado por um padre exorcista com a autorização do bispo diocesano.


E no que consiste a oração de libertação? Ela é uma oração na qual você pede para ser liberto dos ataques do demônio. “Eu posso fazer essa oração, padre?”, você pode me perguntar agora. “Sim, sem dúvida!”, eu lhe respondo. Inclusive na oração do Pai-Nosso, Jesus nos ensina a pedirmos ao Pai: “Livrai-nos do mal”. Existem muitas orações de libertação. Devemos rezá-las pedindo a Deus que nos livre das ações do maligno.


O cuidado que devemos tomar é o de não ficar conversando com o demônio. Somente o exorcista deve fazê-lo. O inimigo sempre começa dizendo uma “verdade” a nosso respeito. É preciso tomar muito cuidado com isso, pois ele é o sedutor por excelência e acaba nos envolvendo em suas armadilhas e mentiras. Nos Evangelhos, Jesus sempre ordenava aos demônios que se calassem. O diabo não pode ser o nosso “catequista”! Ele é mentiroso e acaba nos ludibriando como fez com os nossos primeiros pais, Adão e Eva. Conversemos com o Senhor! E peçamos sempre a Ele que nos livre do mal.
E quando não existe um padre exorcista onde você vive? O que fazer? Resposta: Santa Missa, sacramento da confissão, santo terço diário... É assim que vamos reagindo diante da ação do mal na nossa vida.


Se você está no pecado, meu irmão, o demônio consegue facilmente interferir na sua vida. Saia do pecado já! Se você estiver na graça de Deus, estará mais do que protegido contra o mal. Creia nisso!

Transcrição e adaptação: Alexandre Oliveira (@alexandrecn)

--------------------------------------------------------------

Padre Duarte Lara

Sacerdote português ministeriado em cura e libertação

ORAR SEM DESANIMAR

 

16_padreduartelara-001

 

Jesus, no Evangelho de hoje, disse uma palavra sobre a necessidade de orarmos sempre sem desanimar.

Este é o segredo: rezar sempre sem desanimar. A oração é a "gasolina" da sua vida espiritual. Imagine um homem que tem seu carro e sai sem ver o combustível; uma hora o carro vai parar.


Uma frase de Santo Afonso Maria de Ligório diz que: "Quem reza se salva e quem não reza se condena". É importante a oração na nossa vida, da mesma forma que a água o é para o corpo. Um corpo não pode viver sem água, e uma alma não pode viver sem oração.


Lá na Europa existe um tipo de loteria que sorteia milhões de euros. Na minha paróquia, eu já perguntei a alguns fiéis: "Se você tivesse que escolher entre receber Jesus na Eucaristia ou receber o prêmio da loteria, qual escolheria?" Algumas pessoas dizem: "É, padre, eu gostaria de receber as duas coisas" (risos).
Existem coisas para as quais nós não damos o devido valor. Se você precisasse fazer todo o sacrifício para receber Jesus na comunhão uma única vez, já valeria a pena.


Eu vi uma frase do monsenhor Jonas Abib da qual gostei muito: "Quem não adorar não vai aguentar". Isso é muito certo, porque o mundo está cada vez mais violento contra os filhos de Deus, e os cristãos já são o grupo religioso mais perseguido do mundo. Em muitos países ainda existe certa liberdade religiosa, mas a cultura já está começando a se tornar hostil à religião. Um padre amigo meu, dos Estados Unidos da América, relatou que há alguns anos as pessoas pediam a bênção a ele quando o encontravam, mas, hoje, ele me disse, com tristeza, que muitas delas cospem nele quando o veem.


Sabe quais são os remédios mais vendidos em Portugal? Três tipos de antidepressivos, porque vivemos numa cultura que está banindo Deus de seu meio. A humanidade está virando as costas para Deus e agora sofre as consequências disso. Em Fátima, numa época em que não havia TV, não tinha cinema, não tinha internet, Nossa Senhora disse: "Muitas almas vão para o inferno". Imagine nos tempos de hoje.
Dizer que se iria faltar à Santa Missa do domingo era um absurdo naquela época, e hoje muitas pessoas vão à Missa na terça-feira para não irem aos domingos.

"A cultura está se tornando hostil ao Cristianismo", afirma padre Duarte Lara

O tempo em que vivemos é de grande mentira, no qual se prega que o mal é um bem. "Tudo é bom", dizem, o homossexualismo, todas as religiões, o aborto, a eutanásia, etc., etc. Tudo isso faz parte de uma "catequese" do mundo.
São Paulo, na segunda Carta a Timóteo, fala dos tempos dolorosos:
"Nota bem o seguinte: nos últimos dias haverá um período difícil. Os homens se tornarão egoístas, avarentos, fanfarrões, soberbos, rebeldes aos pais, ingratos, malvados,desalmados, desleais, caluniadores, devassos, cruéis, inimigos dos bons, traidores, insolentes, cegos de orgulho, amigos dos prazeres e não de Deus, ostentarão a aparência de piedade, mas desdenharão a realidade. Dessa gente, afasta-te!" (II Tim 3, 1-5)

São Paulo nos dá uma fotografia dos tempos de hoje e ainda alerta: "Pois todos os que quiserem viver piedosamente, em Jesus Cristo, terão de sofrer a perseguição" (II Tim 3, 12). Por isso se você não colocar a oração, como centro de sua vida, não vai aguentar esta perseguição do mundo.
Esta força para suportar as tribulações vem da constância na oração. Por essa razão me incomoda muito a vida dos primeiros cristãos, quando professar a fé em Jesus era algo ilegal, sem dizer a quantidade de ídolos dos quais estavam rodeados e, mesmo assim, não os adoravam. Quantos mártires foram produzidos nesse cenário! Diante disso perguntamos: temos coragem de dar a vida por Jesus como fizeram os primeiros cristãos?


No Império Romano eles obrigavam os cristãos a sacrificarem animais em nome do "deus imperador"; e os cristãos diziam: "Obedecemos você como autoridade civil, mas jamais como Deus. Se quiser me matar pode matar". Olhe que fé!


Nós vivemos num mundo "fácil", onde até a religião é aquela que você mais gosta; é só ver a Nova Era, com a doutrina da reencarnação, as energias e tudo o mais... Estes venenos têm se espalhado pelo mundo rapidamente. Então recordamos que, neste mundo, diante deste contexto, quem não rezar não vai aguentar.

"É preciso colocar a oração no centro da vida!", exorta o sacerdote português

Jesus nos pede hoje que tomemos uma decisão: rezar todos os dias. Quem puder, procure ir à Missa todos os dias, reze o terço diariamente, procure um sacerdote e faça a confissão, estes são e sempre foram o segredo dos santos. Deus não vai permitir que se percam tantas almas, Ele vai dar uma "sacudida" no mundo, mas você não precisa esperar por isso, abra os olhos agora!
A confusão vai aumentar ainda mais no mundo. Agora, na Inglaterra, estão colocando em prática uma lei que obriga todas as agências de adoção a entregarem crianças para casais homossexuais. O problema é que, na Inglaterra, a maioria das agências são católicas, e se elas não as entregarem para adoção desses casais estarão cometendo um crime. No Canadá um padre foi preso por pregar Romanos 2 na Santa Missa.
Onde estão os soldados de Cristo? Nós temos dois bilhões de cristãos que estão calados! Quem vai lutar pela Palavra do Senhor? Deus chama você! E se um dia você levar um tiro por defender a Palavra de Deus, glória a Deus! Você vai para o céu direto.


O inimigo de Deus está pegando muitas almas pelos pecados da carne. Jacinta [Três Pastorinhos] já dizia, há quase cem anos, antes de morrer, que os pecados mais graves são os da luxúria, os pecados de ordem sexual. O mundo hoje trata a sexualidade como um esporte. Os cristãos devem se levantar para uma "cruzada" a favor da pureza.


Transcrição e adaptação: Daniel Machado

--------------------------------------------------------------

Padre Duarte Lara

Sacerdote português ministeriado em cura e libertação

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Toda superstição é um pacto com o demônio

 

 

Deus muda o nosso coração com a oração.

Jesus nos disse: “Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus” (Mt 22). “E o que é de Deus, padre?” É dar a Ele o que Lhe é devido: a honra, a glória, a adoração. Isso também é uma virtude, uma disposição interior, de dar a Deus o que pertence a Ele.


Como toda virtude, ela [a virtude da religião] cresce com o exercício. Uma pessoa que quer andar de bicicleta, por exemplo, tem que treinar. Da mesma forma, quem quer tocar violão, deve tocar um dia, dois dias, três dias; ninguém nasce aprendendo a tocar violão. Quem me ensinou a rezar? Minha mãe. A religião é uma virtude que se aprende; e a Igreja é esta grande família que nos ensina a rezar, é só olhar a vida dos santos.


De duas grandes formas se pode pecar contra essa virtude: sendo omisso, ou seja, não dando a Deus o que Lhe é devido, ou fazendo aquilo que é contrário a Ele. Deste último temos o pecado da irreligião e o de superstição.


O pecado de irreligião é não ter respeito ou aversão ao que é sagrado. Por exemplo: jogar futebol é uma coisa boa? Sim. E jogar futebol dentro da igreja? Claro que não, isso seria um sacrilégio. Jesus, por exemplo, ficou irado e expulsou os vendilhões do templo quando viu que faziam comércio na casa de Deus, no templo de Jerusalém.


Mas, hoje, gostaria de falar de um pecado que está crescendo muito no mundo, o da superstição. Por este pecado o demônio adquire um domínio maior sobre nós do que por intermédio de outros pecados. A superstição é divinizar o que, na realidade, não é divino. E existem três grandes formas de superstição: a idolatria, a adivinhação e a magia.


Na adivinhação você coloca verdade e confiança em algo que não vem de Deus, como, por exemplo, nos búzios, nas cartas, nos adivinhos, entre outros. Na magia, você faz algo muito parecido, mas não em termos de conhecimento, mas sim de poder, ou seja, você busca uma força que não é a de Deus, é oculta, não vem de Jesus de Nazaré. Você vai a um bruxo, vai a um curandeiro ou cartomante para buscar algo que só Deus pode lhe dar. O povo de Israel chamava esta prática de adultério para com Deus. Tem gente que vai à Missa num dia e no outro vai ao terreiro [de práticas ocultas]. 

Cuidado, meu irmão, isso é muito perigoso! Isso é um pecado de irreligião, ou seja, é como se você estivesse dizendo para Deus: "Olha, aquilo que só o Senhor poderia me dar eu estou buscando em outro lugar, pois eu não confio no Seu poder". 

"O demônio engana muita gente!", alerta padre Duarte Lara.

Nós perdemos esta sensibilidade espiritual, e ainda dizemos: "Ah! Mas isso não vai fazer mal a ninguém!". A Palavra de Deus diz que estas práticas [ocultas] são abomináveis! (cf. Dt 10, 12). Ao praticá-las você estará traindo o seu Deus! O Catecismo da Igreja Católica afirma que toda forma de adivinhação deve ser rejeitada.


O demônio engana muita gente, dizendo que não tem problema frequentar estes lugares, buscar um bruxo, etc., mas depois ele lança o veneno, divide os casais, faz a pessoa pecar contras as coisas sagradas.


Santo Tomás de Aquino ensina que “toda adivinhação é obra de demônio", e Santo Agostinho escreveu um livro inteiro condenando a prática da adivinhação, afirmando que recorrer a estas práticas é fazer pactos com o demônio. Estes cultos de adivinhação trazem implícito um pacto com o demônio, e para ser liberto desse pacto é preciso uma renúncia explícita. Adivinhação é quando você pede ajuda ao demônio para conhecer coisas futuras ou coisas escondidas. “O demônio sabe das coisas futuras, padre?” Não, ele age como um meteorologista, ele faz cálculos para dizer o que vai acontecer.
Santo Afonso Maria de Ligório, bispo e doutor da Igreja, alerta que quem busca adivinhos ou invocação dos mortos (necromancia) faz um pacto explícito com os demônios. Esse santo afirma que os supostos espíritos que falam nos médiuns são, na verdade, os demônios. As pessoas ficam espantadas porque os médiuns falam com a voz do pai, da mãe, de um ente querido que morreu, porque o demônio também conhece os nossos entes queridos. Abra o olho porque aquele que fala ali não é a pessoa que já morreu, mas sim o demônio!

 
Todo tipo de adivinhação ou invocação de mortos é pecado grave e deve ser confessado, nos ensina a Igreja. São estes pactos que abrem as portas para a ação do demônio em nossas vidas. Daí começam a acontecer coisas em você, no seu corpo, doenças que não têm explicação, desmaios, etc. Isso porque você foi mexer com fogo, foi buscar solução em lugares que não vêm de Deus.

 
Transcrição e adaptação: Daniel Machado (@dancaonova)

--------------------------------------------------------------

Padre Duarte Lara

Sacerdote português ministeriado em cura e libertação

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

SER DISCIPULO

 

Assumir a autoridade de Deus na minha vida e na minha casa;

Levar Cristo as pessoas

As pessoas já conhecem a Palavra é preciso amadurecer sair do leite para alimento sólido

Passamos para uma nova fase – fase do anúncio – fase da mudança

Colocar o Senhor em primeiro lugar

Não brincar com a misericórdia

Dar ao outro aquilo que tenho

Amar os irmãos

Decidir pelo perdão

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

ENTREGA AO SENHOR

 

Soube me esperar

Hoje o dia foi muito especial. Começando da noite de ontem, do dia de ontem e no cume de hoje.

Deus me pediu para eu entregar meus irmãos a Ele. A dor que eu senti foi a mesma do dia em que Deus me pediu para eu entregar a minha mãe a Ele. Como doeu. Hoje livre sou. Entreguei os meus irmãos a Deus. Fiz minha parte, Eles não quiseram me ouvir. Deus pediu que eu fosse obediente e que cumprisse a Palavra, Deus disse “bata os pés, vamos Clívia bata os pés, nada nem uma poeira deve ficar, bata os pés. Entregue-me seus irmãos”. Assim fiz, como disse com dor no coração, fiz porque confio em Deus.

Deus disse eu  não precisei chamar ninguém dos meus Apóstolos mais de uma vez, quem é você para chamar várias vezes? Você já fez a sua parte, viva agora a sua vida e confie no meu amor por todos.

Deus falou comigo através do irmão Tony. Obrigada Senhor pela tua misericórdia e amor para conosco.

Amém!!! 

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

O PROCESSO DE CONVERSÃO

 

Conversão

 

Pérolas Sorrindo Pra Vida – Márcio Mendes 24/10/2013

Deus só nos converte quando NÓS tomamos a decisão de nos converter. Quando nós tomamos a decisão de mudar é que Deus começa a agir. Nesse momento o Espírito Santo entra com toda força e nos salva, tira com uma mão o passado, uma história que envenena as partes estragadas de nossa história.

Quando dizemos EU QUERO o Senhor renova a nossa vida. “ Se se voltar para mim”

Deus está de braços abertos. Encorajar não é obrigar, empurrar o outro. Encorajar é esperar o outro a tomar a decisão. Empurrar é constranger. Deus não empurra. Quem ama não obriga, perde tempo conversando, mas, não constrange.

A pessoa constrangida só faz enquanto o outro está perto. Conversão está dentro do coração da pessoa. Não é que saímos da presença de Deus. Não é Deus que sai da nossa presença.

Conversão é virar na direção de Deus. As vezes estamos de costas para Deus, Ele está sempre na nossa presença.

Coloque o pecado a parte e você será a minha boca assim Deus nos diz.

UNÇÃO – UNTAR – BEZUNTAR – UNGIR = óleo sobre o nosso Espírito.

Uma pessoa ungida, foi untada com o Espírito Santo. Besuntada com a Graça de Deus. Revestida da Graça.

O segredo é aprender a separar o que é pecado.

“Eles passarão para o seu lado”. As pessoas serão tocadas pela sua palavra. Isso acontecerá no momento que você separar o que presta do que não presta.

Tudo o que se faz de bom se reflete sobre todos. Tudo o que se faz de mal se reflete sobre todos.

Narcose do pecado = entorpecencia do pecado. O pecado une é por isso que é preciso separar.

Quando você quer ser bom faça um gesto de cada vez, de gesto em gesto você vai se tornado uma pessoa boa.

Destrua os principais pecados que os outros pecadinhos desaparecerão. O pecado sempre conduz ao mal. Um pecado pequeno se apoia em um grande pecado.

O discernimento se faz com amor. Para separar o que presta do que não presta é preciso de amor e inteligência.

Quem não converte o seu coração fica perdido na vida. Quem converte é Deus. Quem abre o coração é você.

Coloque em prática aquilo que você aconselha aos outros. Seja sensato. O sensato não se torna refém e não se deixa chantagear. O sensato tem paciência com o outro.

Não seja cumplice no erro. Uma pessoa de bem não faz nada que não seja a verdade. Separe o que tem valor daquilo que não presta, por isso, investigue o seu coração e o coração do outro. Investigue tudo.

Siga pela sua consciência. Uma pessoa inteligente nunca é má porque a maldade é estupidez. A maldade não é inteligente. Toda pessoa boa é inteligente.

Como é que se torna inteligente?

A M A N D O!

sábado, 5 de outubro de 2013

VIDA DE QUEM ESPERA

 

saber-esperar1

Pérolas da Pregação Padre Anderson – CANÇÃO NOVA

Jesus Cristo ressuscitou aleluia!

Sim, verdadeiramente ressuscitou aleluia!

Eu encontrei o Cristo – Maranatha vem Senhor Jesus!

Eu acredito que Jesus vive, por isso eu vivo o Cristo.

Minha escolha há 16 anos foi por Jesus, queria preencher o vazio que eu tinha na busca pelo meu Eu, para entender a minha vida entrei por um caminho de Espiritismo Kardecista, achava que nesse caminho iria encontrar Jesus verdadeiramente, estava enganada e Deus percebeu isso em 2007 me resgatou mostrou a sua face na face de Cristo no Jesus ressuscitado através da Eucaristia. Me apaixonei por Cristo. De 2007 para cá dia a dia, hora a hora mergulho no Sagrado Coração de Jesus. Minha vida é Consagrada a Nossa Senhora e a Jesus, totalmente consagrada. Meu viver é Cristo.

II Pedro – Cap. 01 (08 a 14)

8. Se estas virtudes se acharem em vós abundantemente, elas não vos deixarão inativos nem infrutuosos no conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo.

9. Porque quem não tiver estas coisas é míope, cego: esqueceu-se da purificação dos seus antigos pecados.

10. Portanto, irmãos, cuidai cada vez mais em assegurar a vossa vocação e eleição. Procedendo deste modo, não tropeçareis jamais.

11. Assim vos será aberta largamente a entrada no Reino eterno de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

12. Eis por que não cessarei de vos trazer à memória essas coisas, embora estejais instruídos e confirmados na presente verdade.

13. Tenho por meu dever, enquanto estiver neste tabernáculo, de manter-vos vigilantes com minhas admoestações.

14. Porque sei que em breve terei que deixá-lo, assim como nosso Senhor Jesus Cristo me fez conhecer.

Eu encontrei Jesus na minha miséria.

Deus usa de paciência comigo porque não quer que eu me perca de novo. Na busca do meu eu e de entender o vazio do meu coração tomei o caminho errado.

A minha luta é para que Deus me encontre numa vida pura e sem mancha.

Quando eu não sinto a presença de Deus, busco através da oração incessante, do louvor, das pregações, quero sempre manter esse sentimento de céu, essa presença que me traz uma felicidade que independe de coisas materiais.

Tudo espero em Deus, mas, essa espera não é passiva, e sim uma espera com atitude, uma espera fazendo O BEM. Onde estou posso ser Santa, santa nas pequenas coisas.

Qual a via que Deus me dá para essa santificação?

Quando tenho que fazer uma escolha crucial, não me deixando corromper. A escolha deve ser sempre para o bem. A minha escolha santifica os outros.

Diante de mim eu tenho o pecado e Deus, aí a luta é diária  da escolha por Deus. A certeza da vinda do Senhor norteia a minha vida.

O Senhor virá de forma silenciosa e não avisará, tenho que estar preparada.

Muitos já não estão na expectativa da vinda do Senhor por isso vão criando extensões, dependências, compensações.Nos vendemos e perdemos a noção das coisas, não sabemos escolher porque ficamos escravos.

É livre aquele que sabe fazer escolhas. A pergunta para nortear a escolha deve ser: isso é de Deus? Escolher o que é de Deus é liberdade. O escravo do pecado não escolhe Deus.

Não se deixe levar pela ideologia do tudo pode porque você é livre. Esse é o caminho da perdição.

A escolha por Deus exige renuncia ao o que não é de Deus.

Se você não tem duas alternativas é porque você já não é livre

Deus está tendo paciência conosco por isso, Ele ainda não veio. Mas, não se iluda Ele virá.

O Senhor não avisará quando virá para que façamos a escolha por Ele livre de pressão.” O agir segue o ser”.Por pior que sejamos Deus nos elegeu Santos. Éramos Santos e nos corrompemos.

Devemos então gritar com a vida – Maranatha vem Senhor Jesus.

qUE HOMWENS DEVEMOS SER?

sábado, 28 de setembro de 2013

NÃO ESTOU SÓ NESSA BATALHA

 

 

Deus me chamou e eu disse SIM

Quando Senhor estarei confortável?

Confortável comigo, confortável com o outro?

E com a minha família?

Quando a tua palavra na minha boca será mel que deleitará os que me ouvem?

Quando deixarei de me entristecer com o outro?

Quando teu nome na minha boca fará o outro sorrir?

Quando terei a Paz?

Quando trarei a Paz?

O que será da minha vida?

O que queres de mim?

Quando a minha mente silenciará?

Desculpa Senhor hoje não estou me sentindo bem…

Sei que mesmo me sentindo tão só, tu estás comigo, porque tu me amas de forma incondicional.

Fica comigo tá?

Se calarem o som da minha voz

Em silêncio estarei a orar

Se minha família me trair

Eu vou sonhar com Deus


Senhor, preciso Te dizer que é impossível me esquecer
Que não estou só nesta batalha entre o bem e o mal
A cada nova experiência, eu Te glorifico mais
Te ter é a maior diferença em mim

Se os bons combates eu não combater
Minha coroa não conquistarei
Se minha carreira eu não completar
De que vale a minha fé tanto guardar

Se perseguido aqui eu não for
Sinceramente um cristão não sou
A Tua glória quero conhecer
Ver a experiência de sobreviver...

Viver pra mim é Cristo, morrer pra mim é ganho
Não há outra questão, quando se é cristão
Não se para de lutar

Triunfarei sobre o mal, conquistarei troféus
Não há outra questão, quando se é cristão
Não se para de lutar... até chegar ao céu

Se calarem o som da minha voz
Em silêncio estarei a orar
Se numa prisão me colocar
Eu vou Te adorar

Se minha família me trair
Eu vou sonhar com Deus
Viver seus planos isso é parte
De uma carreira de cristãos

terça-feira, 10 de setembro de 2013

O CONHECIMENTO QUE NOS FAZ AMAR CADA VEZ MAIS

 

OBRA NOVA

Pérolas da Pregação de Antônio Luís – 07/09/2013 Igreja de Nazaré (Bloco B)

Hoje estamos em oração e Jejum a pedido do Papa que foi iluminado pelo Espírito Santo.

Jejum é renúncia da vontade.

Aquilo que você tem vontade hoje renuncie e ofereça pela Paz na Síria com uma Ave Maria.

O nosso Jejum e oração vai abalar o céu e na fenda do coração de Jesus vai fazer com que os Líderes dessa Guerra sejam atingidos no repensar da Guerra.

É fácil fazer uma mesa de madeira agora? Eu dou todo o material. É fácil ou difícil?

R. É fácil. Difícil é ser Santo.

Levítico 19 (1,2)

O Senhor disse a Moisés:

2. “Dirás a toda a assembleia de Israel o seguinte: sede santos, porque eu, o Senhor, vosso Deus, sou santo.

Ele não pediu um favor. Ele foi imperativo no verbo. Sede Santos!

Existe um ordem. Como? Procurando o saber.

No batismo recebemos ferramentas para nossa santificação.

1º Recebemos os Dons Infusos: Sabedoria – Entendimento – Conselho- Fortaleza- Temor de Deus – Piedade

São Jerônimo colocou/acrescentou o dom da Piedade. Piedade não é pena. Piedade é zelo filial pelas coisas de Deus.

Mateus 06 (12)

12. perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos aos que nos ofenderam;

A partir de hoje vamos rezar o Pai Nosso corretamente, pois, Deus não perdoa o pecado, perdoa o pecador por isso não diga “Perdoai as nossas ofensas” o certo é Perdoai-nos

Além das ferramentas recebidas no batismo tem mais três que são as virtudes teologais: FÉ – ESPERANÇA- AMOR.

Paulo usa caridade, mas, nós confundimos essa caridade da mesma forma que confundimos Piedade. Vamos usar AMOR.

O que é a virtude?

É a disposição de fazer o bem e não praticar o mal.

Falemos da FÉ.

São três essenciais da FÉ.

A FÉ como virtude teologal que nos é dada no batismo. É para acreditarmos nas coisas divinas.

FÉ Teologal – Recebida no Batismo

FÉ Confiante- Esta FÉ é diferente da outra. É aquela que vai aumentando de acordo com seus conhecimentos das coisas de Deus, da Palavra de Deus, da Doutrina Católica, é diretamente proporcional ao conhecimento que você adquire das coisas de Deus, quanto mais conhecimento mais FÉ.

Nós Católicos Carismáticos não podemos deixar de fazer oração pessoal, de fazer a Leitura Orante da Palavra.

FÉ fundamento da Esperança.

Hebreus 11 (1)

. A fé é o fundamento da esperança, é uma certeza a respeito do que não se vê.

Essa é a FÉ Carismática. Até o ano 700dc todos os dons fluíam de forma extasiante, porém, duramente combatido esfriou e hoje estamos com essa FÉ pequena. Quem são exemplos dessa FÉ?

Abraão e Maria.

Abraão saiu com uma promessa de Deus – “ Eu te abençoarei onde estiveres”.

Maria – “Como vou ter um filho se não conheço homem?” O anjo lhe explicou e Ela disse “Eis-me aqui faça-se em mim segundo a tua vontade”.

A FÉ Expectante é essa entrega total.

O AMOR

Deus nos deu as virtudes cardeais: Justiça – Fortaleza-Temperança-Prudência

O que é prudência?

Prudência é bom senso

Justiça – Ajustado a vontade de Deus

Fortaleza – Garra, Força

Temperança – Tempero, equilíbrio

DONS CARISMÁTICOS

A nossa Igreja Católica já catalogou mais de 300 dons, em Dons de Revelação – Dons de Poder – Dons de Inspiração.

Disse-lhe Jesus: Vai, chama o teu marido, e vem cá.
A mulher respondeu, e disse: Não tenho marido. Disse-lhe Jesus: Disseste bem: Não tenho marido;
Porque tiveste cinco maridos, e o que agora tens não é teu marido; isto disseste com verdade.
João 4:16-18

Esse é um exemplo de Palavra de Ciência. A Palavra de Ciência é colocada pelo Espírito Santo no coração da pessoa, é o diagnóstico de uma situação pela qual se passa.

DOM DE REVELAÇÃO

ATOS 08(26,29)

26. Um anjo do Senhor dirigiu-se a Filipe e disse: Levanta-te e vai para o sul, em direção do caminho que desce de Jerusalém a Gaza, a Deserta.

27. Filipe levantou-se e partiu. Ora, um etíope, eunuco, ministro da rainha Candace, da Etiópia, e superintendente de todos os seus tesouros, tinha ido a Jerusalém para adorar.

28. Voltava sentado em seu carro, lendo o profeta Isaías.

29. O Espírito disse a Filipe: Aproxima-te para bem perto deste carro.

Esse é um exemplo de uma Palavra de Sabedoria – o caminho certo para agir é o prognóstico.

DIAGNÓTICO – Ciência – Revelação

PROGNOSTICO – Caminho – Cura

DONS DE INSPIRAÇÃO

Uma profecia é sempre feita na 1º pessoa do singular – É o próprio Deus falando – EU-

DOM DE LÍNGUAS

É para edificação pessoal e não da Assembleia. Quanto mais orarmos em línguas mais santificados e edificados ficamos.

O tempo de Deus não é nosso tempo, por isso faça o que tem que ser feito.

Temos ainda os DONS de Pedir – De FÉ , De Cura, Milagres

Deus só faz o que não podemos . O que você pode fazer não peça a Ele.

Jesus não interfere na liberdade humana.

A palavra de profecia gera PAZ, se o que for dito gerar polêmica ou conflito é humano.

Senhor que tipo de semente eu sou?

Aprofunda as minhas raízes. Nunca quero estar sem Tua presença.

Amém!

 

LEVANTA-TE E ANDA

 

Levanta-te

 

Pérolas da Pregação do Ironi Spuldaro – Canção Nova – 5º de Adoração 05/09/2013

Só Deus fará o Milagre. A Tua Fé te salva.

Demonstre com tuas atitudes essa FÉ.

Demonstre: No falar – no andar- no vestir-nas atitudes – FÉ é demonstração de Deus.

Não existe felicidade sem Deus e nem liberdade. Toda liberdade só existe com a presença do Espírito Santo.

Fale a verdade porque a verdade liberta.

Deus devolve a vida quando se tem FÉ.

1º Reconheça que precisa estar com Deus o tempo todo.

2º Invoque o Espírito Santo todo dia.

3º Escute a proclamação da Palavra é a Palavra que cura.

4º Não sonhe sem FÉ. Acredite vai acontecer.

5º Não rejeite a cruz, porque a cruz é Cristo.

Em tudo Deus tira proveito para o bem.

Salmos, 26

1. De Davi. O Senhor é minha luz e minha salvação, a quem temerei? O Senhor é o protetor de minha vida, de quem terei medo?

2. Quando os malvados me atacam para me devorar vivo, são eles, meus adversários e inimigos, que resvalam e caem.

3. Se todo um exército se acampar contra mim, não temerá meu coração. Se se travar contra mim uma batalha, mesmo assim terei confiança.

4. Uma só coisa peço ao Senhor e a peço incessantemente: é habitar na casa do Senhor todos os dias de minha vida, para admirar aí a beleza do Senhor e contemplar o seu santuário.

5. Assim, no dia mau ele me esconderá na sua tenda, ocultar-me-á no recôndito de seu tabernáculo, sobre um rochedo me erguerá.

6. Mas desde agora ele levanta a minha cabeça acima dos inimigos que me cercam; e oferecerei no tabernáculo sacrifícios de regozijo, com cantos e louvores ao Senhor.

7. Escutai, Senhor, a voz de minha oração, tende piedade de mim e ouvi-me.

8. Fala-vos meu coração, minha face vos busca; a vossa face, ó Senhor, eu a procuro.

9. Não escondais de mim vosso semblante, não afasteis com ira o vosso servo. Vós sois o meu amparo, não me rejeiteis. Nem me abandoneis, ó Deus, meu Salvador.

10. Se meu pai e minha mãe me abandonarem, o Senhor me acolherá.

11. Ensinai-me, Senhor, vosso caminho; por causa dos adversários, guiai-me pela senda reta.

12. Não me abandoneis à mercê dos inimigos, contra mim se ergueram violentos e falsos testemunhos.

13. Sei que verei os benefícios do Senhor na terra dos vivos!

14. Espera no Senhor e sê forte! Fortifique-se o teu coração e espera no Senhor!

 

Meu Mestre é Jesus.

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

COMO SE SAIR NUMA SITUAÇÃO DE CONFLITO

 

 

conflito.

Pérolas Sorrindo Pra Vida – Márcio Mendes Canção Nova

Como sempre acordo refletindo, meditando sobre as quedas que levei.As quedas aconteceram por não saber lidar com situações de conflitos. Cai e fiz cair. Fui guiada não por Deus durante todo esse tempo, mas, pela minha impetuosidade, não sei nem que nome chamar. Deus sabe.

Fico imaginando as próximas experiências que virão, sei que não ficarei reclusa por muito mais tempo porque já sinto o chamado a ação, a novas experiências. Senhor se eu tiver que passar tudo novamente me cure, me oriente, me auxilie, me dê inteligência e sabedoria.

Provérbios 8 (32,36)

32. E agora, meus filhos, escutai-me: felizes aqueles que guardam os meus caminhos.

33. Ouvi minha instrução para serdes sábios, não a rejeiteis.

34. Feliz o homem que me ouve e que vela todos os dias à minha porta e guarda os umbrais de minha casa!

35. Pois quem me acha encontra a vida e alcança o favor do Senhor.

36. Mas quem me ofende, prejudica-se a si mesmo; quem me odeia, ama a morte.

Feliz o que me escuta. Precisamos que o Espírito Santo venha a nos ensinar a adorar a Deus.

Felicidade é andar com Deus, ouvir a Deus e colocar em prática seus ensinamentos dia a dia, hora a hora.

Onde há amor o pecado é expulso.

Ame! Porque no amor não tem pecado.

Você precisa aprender a amar e a ouvir a disciplina.

Ouvir a disciplina é se deixar corrigir.

Você precisa aprender a ser discípulo.

Não é só escutar, mas, aprender.

Disciplinar é ouvir o que não sabe, mas, você agora já sabe coloque em prática.

Ouve a disciplina. Com isso você aprenderá a administrar as coisas desgostosas que acontece.

Escute a Deus e será feliz. Com isso terá a paz, a alegria, o amor, o equilíbrio, a saúde.

Encontre a Deus para encontrar a vida, a vida verdadeira.

Senhor eu abro o meu coração todo dia, toda hora, todo o tempo, quero ser disciplinada, quero ser discípulo, quero aprender a amar. Me ensina a amar as pessoas com as quais eu tenho dificuldade de relacionamento.

“Quem me encontrar, encontrará a vida”.

A vida não é uma delicia sem problemas. Problemas você terá sempre, o que é necessário é aprender a conviver com eles sem se envolver, sem bater de frente. É preciso ter a sabedoria que vem de Deus.

O grande mal do pecado não é contra Deus, mas, contra quem peca.

Senhor me ensina a ser leal com quem eu convivo. Que eu veja as pessoas em 1º lugar. As empresas passam, as pessoas ficam para sempre.

Senhor eu aceito ser disciplinada, me ajude, me eduque.

Conversão não é mudança de comportamento. Conversão é mudar o coração. A mudança de comportamento é a consequência da conversão;

Senhor me faz mais segura para que eu não me compare a ninguém. Me equilibra emocionalmente, me dê a tranquilidade na hora do perigo. Acabe com as minhas angustias.

“Quem pecar contra mim prejudica a si mesmo.”

Uma pessoa nervosa atinge os outros. A consequência do seu pecado se reflete no outro.

Não lute contra quem você ama, evite contenda. Olhe o outro, sinta o outro. Se for atingida por uma flecha lançada se proteja para não ser atingida novamente e não reaja no momento de dor. Recue, acalme-se, clame o Espírito Santo, espere a dor passar. Com dor você não age, reage na emoção. Com emoção você não raciocina. Lembre da expressão de dor (Do Toni). Lembre-se das dores de Jesus que sendo atingido não demostrou, não reagiu, mas, clamou a presença do Pai.

Esse freio é o temor a Deus. Quem teme a Deus não se compromete com o mal. Quem peca perde a Deus e a vida interior. A origem do mal é o pecado. O pecado é um produto satânico. Todo pecado é uma rebeldia contra Deus.

Não se afaste de Deus numa situação de conflito.

Você tem Deus por isso é possível o resgaste. Você aprendeu isso a duras penas, caiu porque estava só, sem a presença de Deus. Agora você aprendeu que no conflito você precisa clamar de imediato a presença de Deus.

Ame aquele que lhe ataca. Proteja-se. Não demonstre a dor do ataque. Só volte a falar quando estiver sem dor. Ame, ame, ame, Deus está dentro de você é só abrir o coração.

“Quem perde a Deus arruína a si mesmo”

Com Deus você vence as suas fraquezas.

Senhor eu preciso de Ti. Estarei contigo nas investidas do inimigo. Jamais quero causar a morte espiritual de ninguém.

Sem Deus não sou nada. EU decido por Deus.

 

Não sou nada, eu bem sei Tão pequeno, um grão de areia em suas mãos Barco a vela, que se abandona Segue o rumo e vai buscando o alto mar Assim me encontro diante de ti Um Deus imenso que por amor se deixa alcançar Te adorarei meu Deus enquanto eu existir Proclamarei as maravilhas que fizeste em mim O teu calor me envolve O teu olhar me acalma E em teus braços o teu amor inflama a minha alma Que posso mais dizer se o coração já disse Te amo

Arrogância

A arrogância Se existe uma coisa que deixa o meu coração doído, entristecido é quando encontro, quando vejo, quando conheço, quando convivo...