quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Onde está o meu tesouro?

 

 

images

Encarnar – Fazer parte – Ser o nosso sustento – Uma só coisa – Nosso alimento, assim é a Palavra de Deus.

Atenção as doutrinas diferentes, as pessoas que se dizem espiritualistas, que seguem várias coisas, atenção se essas doutrinas diz a palavra salutar do Senhor, do Senhor Jesus, Jesus único Senhor.

Você considera Jesus seu único Senhor? Senhor da sua vida? Ou é você é Senhor da sua vida? Quem é o Senhor da sua vida? Leia e medite a Palavra baixo.

I Timóteo, 6

1. Todos os que vivem sob o jugo da servidão considerem seus senhores dignos de toda honra, para que não sejam caluniados o nome de Deus e sua doutrina.

2. E os que têm patrões que abraçaram a fé, nem por isto os menosprezem, sob pretexto de serem irmãos. Ao contrário, deverão servi-los ainda melhor, pelo fato de que eles são fiéis amados de Deus e participantes de seus benefícios. Tal deve ser o tema de teus ensinamentos e de tuas exortações.

3. Quem ensina de outra forma e discorda das salutares palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, bem como da doutrina conforme à piedade,

4. é um obcecado pelo orgulho, um ignorante, doentio por questões ociosas e contendas de palavras. Daí se originam a inveja, a discórdia, os insultos, as suspeitas injustas,

5. os vãos conflitos entre homens de coração corrompido e privados da verdade, que só vêem na piedade uma fonte de lucro.

6. Sem dúvida, grande fonte de lucro é a piedade, porém quando acompanhada de espírito de desprendimento.

7. Porque nada trouxemos ao mundo, como tampouco nada poderemos levar.

8. Tendo alimento e vestuário, contentemo-nos com isto.

9. Aqueles que ambicionam tornar-se ricos caem nas armadilhas do demônio e em muitos desejos insensatos e nocivos, que precipitam os homens no abismo da ruína e da perdição.

10. Porque a raiz de todos os males é o amor ao dinheiro. Acossados pela cobiça, alguns se desviaram da fé e se enredaram em muitas aflições.

11. Mas tu, ó homem de Deus, foge desses vícios e procura com todo empenho a piedade, a fé, a caridade, a paciência, a mansidão.

12. Combate o bom combate da fé. Conquista a vida eterna, para a qual foste chamado e fizeste aquela nobre profissão de fé perante muitas testemunhas.

13. Em presença de Deus, que dá a vida a todas as coisas, e de Cristo Jesus, que ante Pôncio Pilatos abertamente testemunhou a verdade,

14. recomendo-te que guardes o mandamento sem mácula, irrepreensível, até a aparição de nosso Senhor Jesus Cristo,

15. a qual a seu tempo será realizada pelo bem-aventurado e único Soberano, Rei dos reis e Senhor dos senhores,

16. o único que possui a imortalidade e habita em luz inacessível, a quem nenhum homem viu, nem pode ver. A ele, honra e poder eterno! Amém.

17. Exorta os ricos deste mundo a que não sejam orgulhosos nem ponham sua esperança nas riquezas volúveis, mas em Deus, que nos dá abundantemente todas as coisas para delas fruirmos.

18. Que pratiquem o bem, se enriqueçam de boas obras, sejam generosos, comunicativos,

19. ajuntem um tesouro sólido e excelente para seu futuro, a fim de conquistarem a verdadeira vida.

20. Ó Timóteo, guarda o bem que te foi confiado! Evita as conversas frívolas e mundanas, assim como as contradições de pretensa ciência.

21. Alguns, por segui-las, se transviaram da fé. A graça esteja convosco.

Bíblia Ave Maria - Todos os direitos reservados.

Por que ensinar algo diferente que Jesus ensinou?

A verdade é só uma.

O que muda é a forma de dizermos, para uns o ceticismo, para outros mal se explica e já entende, para outros é preciso falar firme e forte.

Para chamar a atenção as pessoas mudam o conteúdo, alguns justificam porque acham monótono, nada acontece, tudo é a mesma coisa e do mesmo jeito. É preciso se ater as palavras que curam.

O orgulhoso, não perde a ocasião para contendas de palavra. Religião não se discute- discutir gera conflito. A discussão por religião pode nos afastar de Deus.

É preciso dialogar, não é discutir é dialogar. Não adianta malhar em ferro frio, malhar em ferro frio ou não verga ou quebra. Não a palavras de contenda. Conversar sobre a FÉ sempre, se não falar, demonstre em atitudes, quando amamos mesmo de boca fechada o Evangelho é pronunciado nas atitudes.

O dialogo acontece quando tem Jesus. A Palavra de Deus rasga a carne. Deus está presente onde o amor prevalece.

Deus nos fez para crescermos, não nascemos prontos, estamos em processo de crescimento. Seja feliz a caminho. O amor por Deus condiciona a própria vida. Busque primeiro a vontade de Deus.

Não tire os olhos de quem lhe dá os presentes, para por os olhos somente no presente. Onde está o teu coração está o teu tesouro. O dinheiro é reserva do trabalho. A raiz dos males não é o dinheiro é o amor. Primeira regra de Deus é repartir. 

terça-feira, 27 de novembro de 2012

PRUDÊNCIA

download

Hoje o Senhor me fala muito fortemente sobre duas coisas a mais forte é a prudência, depois o dom do conselho e em seguida o dom de servir.

Prudência, classicamente, prudência é considerada uma virtude, e de fato, uma das quatro virtudes cardinais. A palavra vem de prudencia (expressão francesa do final do século 13), do latim prudentia(que significa previsão, sagacidade). Freqüentemente é associada com a sabedoria, introspecção e conhecimento. Neste caso, a virtude é a capacidade de julgar entre ações maliciosas e virtuosas, não só num sentido geral, mas com referência a ações apropriadas num tempo dado e lugar. Embora a prudência não execute qualquer ação, e está preocupada unicamente com o conhecimento, todas virtudes têm que estar reguladas por ela. Distinguir quando atos são corajosos, ao contrário de descuidado ou covardemente, por exemplo, é um ato de prudência. Ela é classificada como um cardinal, quer dizer que uma virtude principal. Por outras palavras, prudência "dispõe a razão para discernir em todas as circunstâncias o verdadeiro bem e a escolher os justos meios para o atingir. Ela conduz a outras virtudes, indicando-lhes a regra e a medida" (CCIC, n. 380).

Ao lado da justiça, da fortaleza e da temperança, a prudência compõe o quadro das quatro virtudes humanas, conhecidas e ensinadas pelo Catecismo da Igreja Católica, enquanto são lançados os alicerces fundamentais da doutrina sobre a dignidade da pessoa humana. Com as demais, a virtude da prudência será conhecida como a primeira das virtudes cardeais, cuja função essencial determina-lhe o papel de “dobradiça” (CIC 1805), ou seja, sustento e mobilidade do crescimento da pessoa, no que diz respeito à moralidade de suas ações deliberadas e à finalidade do que lhe é proposto como objetivo transcendente.

Nas Sagradas Escrituras, o homem prudente se identifica com uma pessoa inteligente (1Rs 2,9), fortalecida pela sensatez (Sl 2,10;94,8), amadurecida pelo espírito de moderação e discrição (Am 5,13), livre das obscuras armadilhas da arrogância e da prepotência (Pr 12,23) e, objetivamente, perspicaz (Pv 14,8). Outrossim, os escritos sapienciais insistirão na semelhança entre prudência e simplicidade (cf. Pr 1,4; 8,5; 14,15; 19,25; Sb 8,10). Esta analogia se conforma às exortações que, posteriormente, serão apresentadas por Jesus: “Sede, pois, prudentes como a serpente e simples como as pombas” (Mt 10, 16).

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Insensatez

 

flor4a

Procedimento de quem não reflete antes de agir.
Atitude de estouvado: agir com insensatez.
Irreflexão, inatenção, precipitação, inconsequência, inadvertência.

Hoje Deus colocou muito forte essa palavra em meu coração. Concordo com o Senhor tenho tido atitudes insensatas ao longo da minha vida que me tem custado caro, muito caro.

Senhor cura-me, cura-me, cura-me

tem uma música de Tom Jobim que diz

Vai meu coração ouve a razão
Usa só sinceridade
Quem semeia vento, diz a razão
Colhe sempre tempestade
Vai, meu coração pede perdão
Vai porque quem não
Pede perdão
Não é nunca perdoado

Outra vez digo: Ninguém me julgue insensato, ou então recebei-me como insensato, para que também me glorie um pouco.
O que digo, não o digo segundo o Senhor, mas como por loucura, nesta confiança de gloriar-me.
Pois que muitos se gloriam segundo a carne, eu também me gloriarei.
Porque, sendo vós sensatos, de boa mente tolerais os insensatos.
Pois sois sofredores, se alguém vos põe em servidão, se alguém vos devora, se alguém vos apanha, se alguém se exalta, se alguém vos fere no rosto.
Envergonhado o digo, como se nós fôssemos fracos, mas no que qualquer tem ousadia (com insensatez falo) também eu tenho ousadia.
2 Coríntios 11:16-21

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Inunda meu ser

 

Senhor bom dia,

Louvado seja o teu Santo nome, louvado seja tua presença na minha vida, louvado seja a tua presença na minha família, louvado seja as curas que estamos recebendo. Curas de Gerações.

Um dia profetizei em cima de um altar que os cinco irmãos estariam juntos professando a mesma FÉ, olhando para o mesmo Cristo na Cruz. E tenho certeza que isso acontecerá no teu tempo.

Hoje acordei e como há dias; senti a tua forte presença, sei que mais uma cura foi realizada, por isso, eu já te louvo e te agradeço por tantas maravilhas.

Louvado seja o teu Santo nome sempre na minha vida e na vida de todos que convivem comigo.

Declaro o meu perdão, desde o meu nascimento até os dias de hoje a tudo aquilo que me aconteceu e que deixaram marcas na minha vida e que transformaram o meu coração num coração duro. A tua obra está   transformando esse coração num coração de carne.

Sábado disse a obra que faço é tão profunda, mas, tão profunda que nem você percebe, quanto mais os outros.

Testemunharei essa obra Senhor!!!

Faz-me tua serva, usa-me como aprouveres porque eu tenho uma Fé que era menor que um grão de mostarda e hoje é maior que toda água do universo.

Eu creio somente Ti Senhor, purifiquei a minha Fé. NESSE momento enquanto escrevo sinto o roçar do vento do Espírito Santo.

Louvado seja o teu Santo nome, Louvado seja a minha mãe Maria Santíssima a quem Tu tão generosamente nos cedeu para ser também a nossa mãe e tão presente.

Não somos mais órfãos porque temos o Pai mais amoroso e a mãe mais delicada e presente. Amém!

Nada é impossível para aquele que tem Fé

E o Senhor continua: “Em verdade, eu vos digo: se um dia tiverdes fé do tamanho de um grão de mostarda, direis a esta montanha: passa daqui para acolá e ela passará. Nada vos será impossível” (Mt 17,20b).
Jesus nem está exigindo uma grande fé, uma fé da altura de uma montanha. Basta que tenhamos fé do tamanho de um grão de mostarda e que nos valhamos dela.
Eis o que importa: temos acreditado em Jesus, no poder de Jesus; mas, infelizmente não cremos que Deus quer curar as pessoas que se apresentam diante de nós, que o Senhor quer tocá-las e convertê-las por intermédio de nós, do nosso ministério, da oração.
O Senhor quer reverter essa situação e nos convencer. Basta que tenhamos uma fé do tamanho de um grão de mostarda.

 

sábado, 3 de novembro de 2012

Eu creio na Vida Eterna

 

Essa música é a que traduz a obra de Deus em minha vida e na vida de minha família.

Ontem recebi junto com Judy uma grande cura

eu-creio-na-vida-eterna-missa-33-Cópia Missa eu Creio na Vida Eeterna

Testemunho Madre Jane - Instituto Hesed

Resenha do Testemunho da Madre Jane fundadora do Instituto Hesed na Canção Nova. Assisti ao vivo pela TV Canção Nova  e ouvi pela segunda v...