segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Porque tudo em mim precisa ser mudado!

 

Cadeirante_copy

Bom dia meu Jesus e a paz de Cristo para quem por ventura esteja lendo essa postagem no meu blog.

A postagem hoje é um testemunho.

Louvado seja Deus por estar vivendo o que estou vivendo esse ano, continuidade de um tempo, de uma prova, de uma capacitação, de uma experiência, de um aprendizado,  não tenho dúvidas que é a preparação de Deus para aquilo que desejo - uma vida consagrada a Jesus.

Ontem(domingo) tive um dia agradável, fiquei em casa com a família, tive a grata surpresa da visita de uma cunhada, meu sobrinho veio passar o fim de semana em minha casa e se condições tivesse os meus planos era visitar outros parentes queridos dos quais estou sentindo saudades, não deu fiquei em casa e foi ótimo.

A noite quis ir a missa na Igreja de Nazaré em seguida visitar a minha cunhada e sogros, não posso relatar o que se passou ontem durante essa visita por ser algo muito intimo, porem posso afirmar os sentimentos que me encontrava durante a visita era de angustia e conflito mental e olha que naquele instante eu era sacrário vivo, Jesus corria em meu sangue porque tinha comungado há pouco tempo.

Hoje pela graça de Deus tenho as explicações dadas por Deus.

Ontem fiquei angustiada, 1º porque me sentia muito fria, 2º por sentimentos confusos, 3º pelas dificuldades em aceitar as limitações do outro, 4º por sentimento de culpa por não ter me colocado na posição de  servir e por aí vai… todos esses pensamentos ficaram rondando minha mente, tudo por conta da experiência vivida ontem a noite.

Conversando com Deus fui pedindo sua misericórdia, perdão e orientações para os meus sentimentos, lamentando o fato de não saber amar, não servir como gostaria, arrependida pelas minhas atitudes e sentimentos fui sentindo sua presença e Ele foi falando de acolhimento, que eu não me sentisse culpada porque na verdade o que eu desejava ontem era ser acolhida, era ter acolhimento e que infelizmente não tive, as palavras de Deus me acalmavam e fui evoluindo o meu pensar numa forma de reverter ou resgatar a oportunidade perdida de servir.

Deus já preparava o meu coração para a real resposta que Ele queria me dar e quando falava sobre acolhimento sobre a importância de acolher o outro eu rezava pedindo que me ensinasse cada vez mais amar, me ensinasse sobre o acolhimento.

Sempre digo que uma casa acolhedora passa pela mesa, para mim a grande comunhão entre irmãos passa pela mesa, o acolhimento sempre passa pelo cafezinho, pelo suco, pelo lanchinho pelo mimo e pedia a Deus a graça de na minha casa saber e ter condições de acolher e que as pessoas nunca saiam da minha casa sem o alimento físico e o alimento Palavra de Deus, nesse dialogo meu coração aquietava.

Comecei a assistir o Sorrindo Pra Vida, pedi a Deus que falasse comigo através da Palavra, percebia que essa história do acolhimento estava legal, porém era necessário navegar em aguas mais profundas e foi assim que Deus continuou a falar comigo.

Acolhimento era o que eu esperava ontem?

Acolhimento do outro?

Na verdade queria ser servida, só que não é isso que peço a Deus todos os dias e não foi para isso que Ele me escolheu, ontem vivi a contradição do que na verdade escolhi para minha vida. Sejamos francos me encontro nessa contradição sempre é o meu PHN.

Como é bom orar, conversar com Deus porque no fundo percebia essa inadequação e claramente pedia  perdão por não saber amar como preciso.

Navegando em águas mais profundas.

Romanos 15

1. Nós, que somos os fortes, devemos suportar as fraquezas dos que são fracos, e não agir a nosso modo.

2. Cada um de vós procure contentar o próximo, para seu bem e sua edificação.

3. Cristo não se agradou a si mesmo; pelo contrário, como está escrito: Os insultos dos que vos ultrajam caíram sobre mim (Sl 68,10).

4. Ora, tudo quanto outrora foi escrito, foi escrito para a nossa instrução, a fim de que, pela perseverança e pela consolação que dão as Escrituras, tenhamos esperança.

5. O Deus da perseverança e da consolação vos conceda o mesmo sentimento uns para com os outros, segundo Jesus Cristo,

6. para que, com um só coração e uma só voz, glorifiqueis a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo.

7. Por isso, acolhei-vos uns aos outros, como Cristo nos acolheu para a glória de Deus.

13. O Deus da esperança vos encha de toda a alegria e de toda a paz na vossa fé, para que pela virtude do Espírito Santo transbordeis de esperança!

Queria ser servida, acolhida, chateada por não ter conseguido transcender em dar e não receber.

Jesus me diz de forma muito carinhosa, muito clara através da Palavra e das exortações do Márcio Mendes:

Você que é forte deve suportar a fraqueza dos fracos.

Forte na palavra de Deus, forte no conhecimento das coisas de Deus é que deve estar pronta a servir, mesmo que não seja aquilo que queira, mesmo que não seja agradável.

É humano gostar de ser servida, de ser acolhida, de ser agradada, do conforto, é isso que esperamos do outro e quando queremos isso o contrário nos parece desagradável, porém foi para servir que fui chamada por Deus e é para isso que coloco a minha vida.Para o contrário de ser servida.

Contentar o próximo sempre será para o meu bem e edificação

Cristo não se agradou a si mesmo, Cristo também teve os seus momentos de cansaço, um servo tem os seus momentos de cansaço físico e mental, porém o descanso do servo está em Deus e não nas pessoas.

Deus nos dá a perseverança nesse proposito e nos dará a consolação, somente em Cristo podemos reclinar a cabeça.

Devo acolher, devo servir e não o contrário.

Senhor me ensina!

Senhor me ajuda!

Eu ratifico o meu compromisso e te peço perdão por ontem ter feito e sentido o contrário de tudo o que EU QUERO e PRECISO e de tudo o QUE TU ESPERA DE UM SOLDADO DE CRISTO.

Me faz forte!

O Deus da esperança vos encha de toda a alegria e de toda a paz na vossa fé, para que pela virtude do Espírito Santo transbordeis de esperança!

Amém!

 

Porque tu que há dentro de mim precisa ser mudado Senhor!

Arrogância

A arrogância Se existe uma coisa que deixa o meu coração doído, entristecido é quando encontro, quando vejo, quando conheço, quando convivo...